Psicodrama

O psicodrama surgiu pelas mãos de Jacob Levy Moreno tendo diferentes amplitudes de aplicação, podendo ser psicológico, terapêutico, educacional, social, comunitário ou institucional. Em Psicologia e nas terapias é usado nas terapias individuais, grupais, de casal e familiares. Moreno, nasceu na Roménia e foi o pioneiro no estudo das terapias grupais e na criação do psicodrama. Foi o criador de jornais onde se dramatizavam as notícias e do teatro terapêutico que mais tarde foi substituído pelo psicodrama terapêutico. Os seus estudos mostraram que para criar criatividade era necessário criar constantemente confusão. Só da confusão é que brotavam as melhores ideias e as melhores resoluções. A partir da criação de grupos de encontro onde se discutiam os problemas e se resolviam ressentimentos, Moreno aproximou-se do conceito de grupo terapêutico. Assim, criou o teatro terapêutico onde os actores ao recriarem uma certa personagem de forma planeada ou espontânea acabavam por conseguir lidar melhor com os seus próprios problemas. Face a isto, o Psicodrama é uma forma de psicoterapia que integra o drama e o rele-play, isto é, através da comunicação verbal e escrita os pensamentos, sonhos e emoções são expressos permitindo assim sermos aquilo que realmente somos. Segundo Moreno, no Psicodrama são necessários vários factores tais como: um cenário, um protagonista, um director, os egos auxiliares e o público ou plateia. O cenário diz respeito ao local onde se podem representar os factos simples da vida quotidiana, os sonhos, os delírios e as alucinações. O protagonista é quem protagoniza o drama podendo ser um indivíduo ou um grupo. Por seu lado, o director será aquele que facilita e adequa o psicodrama. Os egos auxiliares são as pessoas que contracenam com o protagonista. Por fim, o público são aqueles que assistem à cena picodramática. São vários os métodos que se podem usar numa terapia picodramática, tais como a Técnica do Espelho, a Técnica do Duplo, a Inversão de Papeis, o Solilóquio e a Técnica da Cadeira Vazia.
Assim, o Psicodrama permite a busca do equilíbrio emocional e o relacionamento interpessoal saudável e produtivo. Permite desenvolver habilidades interpessoais, insight e criatividade. Este tipo de terapia apresenta três fases: o aquecimento, a representação e o compartilhamento. No aquecimento há uma preparação para a acção, na representação há o decorrer da cena propriamente dita e no compartilhamento há o retorno do protagonista ao grupo.

688 Visualizações 1 Total
688 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.