Neurose Obsessiva

Conceito de Neurose Obsessiva: A Neurose Obsessiva é um tipo de neurose descrita por Sigmund Freud (1856-1939) e pertence ao grupo das neuroses…

Conceito de Neurose Obsessiva

A Neurose Obsessiva é um tipo de neurose descrita por Sigmund Freud (1856-1939) e pertence ao grupo das neuroses. A partir da conceção de aparelho psíquico, ideias obsessivas, desejos recalcados,  Freud identificou, depois da histeria, um grupo de neuroses cuja principal característica era a obsessão. O caso mais conhecido deste autor, descrito como neurose obsessiva foi “O Homem dos Ratos” (1909).

Pela interpretação psicanalítica, a neurose obsessiva é mais conhecida através de:

  1. Édipo- rivalidade com o pai do sexo oposto
  2. Fixação libidinal no estádio anal
  3. Super-Ego – instância dominante
  4. Tendência à compulsão e repetição
  5. Tendência ao zelo e cooperação
  6. Ruminação e irritação latente
  7. Ambivalência de sentimentos opostos em relação ao mesmo objeto

Pela Classificações do DSM – IV (Manual de diagnóstico e estatística das perturbações mentais) encontramos as seguintes características:

  1. Preocupações com pormenores, regras e ordem
  2. Tendência ao perfeccionismo
  3. Devoção excessiva ao trabalho e à produtividade
  4. Tendência aos escrúpulos e inflexibilidade moral e ética
  5. Rigidez e obstinação, entre outros

A Neurose obsessiva é segundo o seu autor, a forma mais fundamental de Neurose.

2642 Visualizações 1 Total
2642 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.