Leonard da Vinci e uma Recordação da sua Infância

Apresentação da obra Leonard da Vinci e uma Recordação da sua Infância: Obra de Sigmund Freud, médico psicanalista, publicada em 1910…

Apresentação da Obra Leonard da Vinci e uma Recordação da sua Infância

Obra de Sigmund Freud, médico psicanalista, publicada em 1910. Este autor relata o seu fascínio pela sua própria publicação afirmando que foi um dos seus melhores livros. Foi em conversa com o seu colega e amigo Fliess que Sigmund Freud se interessou por alguns aspetos da vida de Leonard Da Vinci. Por esse motivo propôs-se analisar a relação entre a pintura, a arte de um dos pintores mais famosos e a sexualidade.

A Analise ao processo de sublimação que levou Da Vinci a desenvolver as pulsões epistemofilicas – pulsão do saber – e deixar para trás as pulsões sexuais está na base deste livro. São abordadas noções tais como o narcisismo e a fase de auto-erotismo depois mais tarde conceptualizadas. A sexualidade de Da Vinci é questionada e foi associada ao caracter inacabado da sua sexualidade infantil.

A relação à mãe foi argumentada através da arte, pelos significados possíveis no sorriso de mona lisa, a virgem e o menino ou até Gioconda. A relação ao pai, foi associada o caracter inacabado das suas obras e analisada sob a noção de abandono e processo de identificação.

378 Visualizações 1 Total
378 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.