Índice de APGAR

Apresentação do conceito de Índice de APGAR… O índice de Apgar é um método rápido de avaliação do recém-nascido. Consiste em avaliar o recém-nascido relativamente a cinco sinais objetivos (…)

Conceito de Índice de APGAR

O índice de Apgar é um método rápido de avaliação do recém-nascido. Consiste em avaliar o recém-nascido relativamente a cinco sinais objetivos, no primeiro e no quinto minuto de vida. Os sinais avaliados por este índice são a frequência cardíaca, a respiração, o tónus muscular, a irritabilidade reflexa e cor da pele, sendo atribuído a cada um destes sinais uma pontuação de 0 a 2. O somatório da pontuação terá um mínimo de zero e um máximo de dez, sendo que um índice baixo (0-2) será classificado em asfixia grave, um Apgar com valores 3 ou 4 será classificado de asfixia moderada, enquanto um índice de Apgar com valores de 5 a 7 será classificado de asfixia leve e um Apgar com valores altos, de 8 a 10, significa que o recém-nascido está sem asfixia.

A autora consultada é da opinião que este índice é afetado por vários fatores tais como: maturidade fisiológica (o prematuro tem índices mais baixos), sedação/analgesia materna, doenças neurológicas e musculares, malformações cerebrais e doenças cardio-respiratórias.

A avaliação deste índice, ao primeiro minuto de vida, permite uma avaliação imediata do recém-nascido e as decisões a tomar nos momentos seguintes. Caracteriza as necessidades imediatas do recém-nascido, não sendo correlacionável com o prognóstico futuro. O índice aos 5 minutos (e sobretudo a sua modificação entre o 1º e o 5º minuto) torna-se útil na eficácia dos esforços de ressuscitação. No entanto, mesmo valores de 0-3 aos 5 minutos têm um valor limitado enquanto indicadores de gravidade do problema subjacente, correlacionando-se muito pouco com o prognóstico neurológico futuro.

Atualmente a reanimação na sala de parto é decidida antes de ter passado o primeiro minuto de vida, sendo baseada em parâmetros do recém-nascido, que são avaliados imediatamente a seguir ao nascimento.

1002 Visualizações 1 Total

References:

COSTA, Fernanda M. – Índice de Apgar: revisão bibliográfica. CLÍNICA em Obstetrícia e Medicina Materno-Fetal. Porto. Vol. 2, nº 2 (Agosto 1994), p.53-58

1002 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.