Glóbulo Branco (ou Leucócito)

Conceito de Glóbulo Branco: Podendo também ser designado por leucócito, este é um dos tipos de células presentes no sangue, desempenhando funções…

Conceito de Glóbulo Branco

Podendo também ser designado por leucócito, este é um dos tipos de células presentes no sangue, desempenhando funções de defesa/imunidade. Podem desempenhar esta função de diferentes formas, intervindo em diversos processos e em diferentes locais do organismo, já que alguns deles permanecem no sangue e outros saem da corrente sanguínea para se inserirem em diversos tecidos.

Estão presentes no sangue em menor número do que os glóbulos vermelhos (em cada mm3 de sangue existem entre 4000 e 10000 glóbulos brancos) e são maiores do que estes. Apresentam formas e tamanhos variáveis e possuem núcleo.

São formados na medula óssea e têm um tempo de vida variável, no final do qual são destruídos em diferentes locais do organismo.

Os glóbulos brancos podem ser classificados em 2 grandes grupos, de acordo com a forma do seu núcleo:

  • glóbulos brancos mononucleares: o núcleo não está dividido em lobos;
  • glóbulos brancos polinucleares: o núcleo encontra-se dividido em lobos.

Existem diversos tipos de glóbulos brancos, tais como:

  • neutrófilos
  • monócitos
  • linfócitos
  • basófilos
  • eosinófilos

Os neutrófilos e os monócitos possuem a capacidade de realizar fagocitose (envolvendo e destruindo agentes estranhos ao organismo, como determinadas bactérias). Diferenciam-se e passam a designar-se macrófagos. Permanecem pouco tempo na corrente sanguínea, saindo para diferentes tecidos onde desempenham a sua função. Este é um tipo de imunidade não específica, já que cada célula de defesa pode atuar sobre diferentes agentes estranhos.

Os linfócitos dividem-se em dois tipos: linfócitos T e B. São produzidos na medula óssea, sofrendo depois maturação em diferentes órgãos: os linfócitos T no timo e os linfócitos B na própria medula óssea. Os linfócitos participam na imunidade específica, já que estão envolvidos na produção e atuação de anticorpos, os quais são específicos para determinados agentes patogénicos – cada anticorpo liga-se a um antigénio específico de um agente estranho ao organismo.

1020 Visualizações 1 Total
1020 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.