Doença Pilonidal Sacrococcigea

O que é, como se transmite, quais os sintomas, qual o diagnóstico, quais os tratamentos da Doença Pilonidal Sacrococciga;

Conceito de Doença Pilonidal Sacrococcigea

A Doença Pilonidal Sacrococcigea localiza-se na região sacroccigea e consiste numa infecção crónica da pele do sulco internadegueiro e resulta duma reacção inflamatória da pele originada pela inclusão cutânea de um pelo, sendo frequente nos jovens e pessoas obesas com abundante desenvolvimento piloso.

Quais os sintomas da doença:

A forma como a doença se manifesta varia desde o surgimento de um pequeno nódulo indolor até uma grande massa inflamatória dolorosa. Pode apresentar-se como um pequeno orifício com ligeira descarga de líquido incolor ou, quando infectado, com uma abundante descarga de líquido fétido, com sangue e pus. A evolução mais frequente da doença começa com dor e inflamação local formando-se um abcesso que ou drena espontaneamente ou deverá ser drenado pelo médico.

Qual o tratamento:

Para evitar a progressão da doença, nomeadamente o surgimento de abcessos de repetição e consequentes fístulas, o doente deverá ser submetido a uma cirurgia logo após a drenagem do abcesso e sua cicatrização.

514 Visualizações 1 Total

References:

⇒ Importante: os textos desta secção são meramente descritivos e não constituem nem substituem aconselhamento médico.

514 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.