Língua Geográfica

Língua Geográfica também se chamada glossite migratória benigna, ou eritema migratório, refere-se a uma condição inflamatória que afeta a língua. O nome coloquial de língua geográfica é dado porque os indivíduos afetados por esta patologia têm uma língua que parece um mapa. Este problema caracteriza-se pela presença de lesões erosivas eritematosas, com bordos irregulares, pouco salientes e de cor esbranquiçada ou acinzentada. As papilas gustativas da língua desaparecem em zonas aleatórias da língua e deixam estas placas vermelhas, formando um fundo que é parecido com os contornos de um mapa. Estas placas podem mudar de tamanho e de forma de um dia para o outro, e migrar para outras áreas da língua. Pode ou não estar associada à dor, e podem referir-se a presença de ardência em especial quando são ingeridos alimentos quentes ou picantes.

Não está determinado o factor etimiológico principal no caso das línguas geográficas. Alguns estudos referem que a mesma não tem um padrão familiar. Algumas causas possiveís incluem estados de stress, infeções fúngicas, ou bacterianas, alergias e/ou mudanças hormonais. Além disto, é relatada a presença da glossite migratória benigna em casos de psoríase, dermatite seborréica, síndrome de Reiter, atopia e deficiências nutricionais. Pode acometer indivíduos de qualquer idade, contudo, este distúrbio tem a tendência de aparecer durante os primeiros anos de vida de uma pessoa, e desaparece por volta dos 7 anos de idade. Se no entanto, permanecer em idades mais avançadas, a ingestão de álcool e hábitos tabágicos aumentam a ardência e em muitos casos transformam uma condição assintomática, numa condição dolorosa.

As placas podem aumentar gradativamente, e levar à descamação das papilas filiformes, que possuem

Língua Geográfica

formato cônico e função abrasiva; e acabam por pemanecer as papilas fungiformes, que possuem a função gustativa e o formato de cogumelo, como pontos mais elevados. Contudo, estas lesões não alteram o paladar e podem regredir espontaneamente, excepto nos casos de hábitos tabágicos, alcoólicos e de ingestão de comida demasiado condimentada em especial picantes.

O diagnóstico de Língua Geográfica deve ser efetuada por um técnico de saúde e regra geral é um diagnóstico clínico. Regra geral, visto que é uma condição assintomática não é feito nenhum tratamento. Além disso, visto que costuma de regredir, não é feito nenhum tratamento. Além disso, alguns declaram que a língua geográfica não é uma doença mas uma característica da língua. Se porventura os sintomas persistirem por mais de 10 dias, o profissional de saúde deve ser consultado para que possa ser feito o despiste e diagnóstico diferencial. Nos raros casos em que a glossite migratória benigna é sintomática o tratamento passa por: evitar alimentos muito condimentados; cessação de hábitos tabágicos, diminuir a quantidade de álcool ingerida, evitar pastas dentífricas com aromas muito intensas ou abrasivas, ou branqueadores. Pode ainda ser associado a estas medidas o uso de um anti inflamatório ou um colutório para o tratamento da sintomatologia. O diagnóstico diferencial da língua geográfica incluí, glossopirose (com a diferença de que na glossopirose não existe nenhum problema na língua), líquen plano, candidíase (sapinhos), e lúpus eritematoso. Pode nalguns casos ser confundida com a Língua fissurada, que também não é sinal de nenhuma patologia.

Língua geográfica com colorações destacadas

Este caso específico porém não está associado a nenhuma patologia, nem é sinal de nenhuma doença. Regra geral a língua é afetada, mas esta condição também pode afetar as restantes mucosas, tendo a mesma etiologia e o mesmo tratamento, com a diferença apenas da localização tendo nesses casos os nomes de estomatite migratória e estomatite labial ou lábio geográfico. Esta condição afeta cerca de 1 a 2 por cento da população mundial sendo na maioria afetadas meninas. Alguns sugerem que existe uma deficiência de vitaminas do complexo B e que tal é a causa da glossite migratória benigna, no entanto, já foram testados tratamentos em relação ao uso destas vitaminas sem resultados significativos, permanecendo a sua causa e cura como mistérios.

9786 Visualizações 2 Total
9786 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.