Vintage

O termo vintage é usado para fazer referência aos objetos antigos (com mais de 20 ano e menos de 100) de estilo e de boa qualidade.

O que significa o termo Vintage

De acordo com o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, o termo vintage é de origem inglesa, podendo traduzir-se por “colheita de uvas” (vindima) + “idade”, embora seja usada no nosso idioma para fazer referência aos objetos antigos de estilo artístico e de boa qualidade. O significado do conceito tem uma lógica e explicação: antigamente, as caves de vinho usavam o termo para fazer alusão aos vinhos que produziam com as suas melhores colheitas e que eram envelhecidos, como se faz, por exemplo, com o vinho do Porto. A ideia de vintage acabou por se estender a outros produtos, principalmente àqueles relacionados com a moda e o design.

Lartwist - Produtos vintage para o lar

Lartwist – Produtos vintage para o lar (in cubostore.pt)

Assim, nos dias de hoje, vintage é algo clássico, antigo e de excelente qualidade. Geralmente, o termo é visto também quando acontece o forte retorno de algo que remete a épocas antigas – dessa forma, pensa-se no termo como uma referência (ou até mesmo imitação) de um estilo anterior. Vintage é uma manifestação da cultura pós-moderna. É o resultado do recurso à nostalgia de elementos do passado. É utilizada para destacar o estilo de vida que lembra os anos de 1920 a 1960, estar em ênfase, tanto na moda, como em diversas outras expressões artísticas como a decoração, o cinema, a literatura e o design de produto, mobiliários.

decoração-vintage

Decoração, objeto Vintage

O vintage atualiza o homem pós-moderno uma vez que reduz o carácter frívolo da moda com elementos que o relacionam à memória afetiva e ao sentimento de associação histórica. Traz consigo experiências e valores atemporais, a partir da reutilização de elementos originais dos tempos passados. O vintage tem por base vários pilares, como a qualidade (muitas vezes, trata-se de produtos artesanais ou fabricados com matérias-primas de elevada qualidade), a exclusividade (em geral, são produtos que foram fabricados em pequenas quantidades), a história (o valor que outorga o passar do tempo) e o estilo (é associado ao gosto refinado e ao requinte).

Para um objeto ou produto (por exemplo, um produto de moda) ser considerado vintage, tem que seguir determinados requisitos:

  • ter no mínimo 20 anos de antiguidade;
  • representar um estilo próprio ou de um designer;
  • não pode ter sofrido nenhuma alteração;
  • representar uma era ou momento específico da moda
  • estar em perfeito estado.

Diferenças entre Vintage, Antiguidade e Retrô

A classificação objetos e produtos nos conceitos de vintage e retrô não é consensual. Ainda assim, e de uma forma ampla e genérica, é possível classificar determinado produto (por exemplo um artigo de moda) da seguinte forma:

  • Antiguidade: qualquer produto ou objeto que tenha mais de 100 anos de idade;
  • Vintage: qualquer produto ou objeto que tenha mais de 20 e menos de 100 anos de idade;
  • Retrô: reprodução de estilos antigos, com produção atual. Neste conceito, enquadram-se tanto as reproduções fiéis e precisas dos objetos antigo, como os objetos considerados inspirações e recriações de objetos antigos.

Citações sobre termo Vintage

“Existe agora um interesse renovado por estéticas passadas, levando a uma re-apropriação e re-contextualização do antigo” (CAUDURO; PERURENA, 2008, p. 108).

A palavra de origem inglesa (vint, relativo à safra de uvas e age à idade) foi incorporada à moda para designar peças que marcam uma época, que com o passar dos anos adquire novamente qualidade. A moda ou estilo vintage é retrógrada, uma recuperação de estilos (BAXTER-WRIGHT; RHODES, 2007).

19 Visualizações 1 Total
19 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.