Círculos de Qualidade

Conceito de Círculos de Qualidade – Os Círculos de Qualidade são pequenos grupos de funcionários (4 a 10) de uma organização que se reúnem regularmente…

Conceito de Círculos de Qualidade

Os Círculos de Qualidade são pequenos grupos de funcionários (4 a 10) de uma organização que se reúnem regularmente durante o período de trabalho para identificarem, analisarem e debaterem formas de melhorar a qualidade e a produtividade do trabalho. Funcionam portanto como uma estrutura de apoio aos órgãos de gestão e como forma de dinamização da estrutura formal existente na organização.

A sua criação na década de 60 do séc. XX deve-se em grande medida ao japonês Kaoru Ishikawa que terá aprendido com os ensinamentos levados para o Japão pelos norte-americanos Joseph Juran e Edwards Deming. A sua aplicação no Ocidente apenas ocorreu a partir da década de 80, altura em que foram introduzidos por numerosas multinacionais dos EUA, França, Alemanha, Inglaterra, etc.

Tradicionalmente os círculos de qualidade têm a sua aplicação na implementação programas de redução de custos, redução de produtos com defeitos, redução de acidentes de trabalho, redução de erros de fabrico e melhoria da produtividade.

As principais vantagens dos Círculos de Qualidade como forma de aumentar os níveis de qualidade são as seguintes:

  • Consciencialização dos funcionários para a qualidade;
  • Não obrigação de alterar a estrutura organizacional;
  • Envolvimento e participação dos trabalhadores na tomada de decisão;
  • Realização profissional.
6122 Visualizações 1 Total
6122 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.