Benchmarking (Conceito, Definição, Significado, O que é)

Apresentação do conceito de Benchmarking; os vários tipos de Benchmarking; como implementar um Benchmarking…

Conceito de Benchmarking

O termo benchmarking tem origem na expressão inglesa benchmark, a qual se refere às cotas de nível utilizadas nas medições topográficas e foi introduzido na linguagem empresarial pela empresa Xerox, que o definiu como “o processo contínuo de medirmos e compararmos os nossos produtbenchmarkingos, serviços e práticas com os mais fortes concorrentes ou com as empresas reconhecidas como líderes da indústria”. Desta forma, o benchmarking é não mais do que um processo ou técnica de gestão através do qual as empresas ou organizações avaliam o desempenho dos seus processos, sistemas e procedimentos de gestão comparando-o com os melhores desempenhos encontrados noutras organizações.

Em regra são utilizados os concorrentes melhor sucedidos como termo de comparação embora possam também ser utilizadas empresas de outros sectores de actividade. O objectivo do benchmarking é portanto o de estimular e facilitar as mudanças organizacionais e a melhoria de desempenho através da aprendizagem com os outros. O processo de avaliação e comparação pode ser efectuado para a organização como um todo ou visar apenas um determinado processo, departamento, ou unidade de negócio. Através do benchmarking as organizações obtém referências que lhes permitem identificar formas de melhorarem as suas performances internas. O princípio desta ferramenta é que nenhuma empresa é a melhor em todas as áreas e que, por isso, deve seguir os exemplos das que são superiores.

Tipos de Benchmarking

Existem basicamente três tipos de benchmarking: interno, competitivo e genérico ou multi-sectorial.

  • No caso do benchmarking interno, trata-se do mais utilizado. Consiste em comparar as operações da empresa com as de um departamento interno ou de outras organizações do mesmo grupo. É fácil de implementar e o objectivo é identificar internamente qual o melhor modelo a seguir.
  • Quanto ao benchmarking competitivo, tem como referencial a concorrência directa. Comparam-se produtos e serviços, de forma a superar o desempenho das empresas concorrentes. É mais difícil de colocar em prática porque as informações sobre os métodos dos concorrentes são difíceis de obter.
  • Relativamente ao benchmarking genérico ou multi-sectorial, consiste na comparação com empresas de outros sectores, mas reconhecidas como apresentando as melhores práticas. Como se tratam de empresas não concorrentes, a abertura à troca de informação é geralmente maior.

Implementação de um Benchmarking

Na implementação de um processo de benchmarking deve passar-se pelas seguintes fases:

  • O primeiro passo deverá ser o planeamento, nomeadamente a identificação de quais os objectivos a serem atingidos e a escolha de quem deve ser analisado.
  • De seguida inicia-se a recolha de dados, analisando a informação pública existente e a informação disponibilizada pela empresa escolhida como referência.
  • Segue-se a análise dos dados e informações recolhidas, determinando-se as diferenças de desempenho e a identificação dos factores responsáveis pelos melhores resultados da empresa de referência.
  • O último passo consiste na adaptação e melhoria através da tomada de decisões quanto às acções implementadas para melhorar a rentabilidade e competitividade da empresa.
3591 Visualizações 2 Total
3591 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.