Valongo (Porto)

Este artigo é patrocinado por: «A sua instituição aqui»

Apresentação da cidade e município de Valongo

Valongo é um município português localizado no distrito do Porto, na região norte e Área Metropolitana do Porto. É um município com 93 858 habitantes, de acordo com os censos de 2011, estando dividido em 4 freguesias em 75,12 km² . O município é limitado a oeste por Santo Tirso, a nordeste por Paços de Ferreira, a leste por Paredes, a sudoeste por Gondomar e a oeste pela Maia.

As quatro freguesias do concelho de Valongo são: Alfena (cidade), Ermesinde (cidade), Campo (vila) e Sobrado (vila) e Valongo (cidade).

História

O concelho de Valongo foi criado em 1836 por desmembramento do concelho da Maia aquando da reforma administrativa que aconteceu no reinado de D. Maria II. Contudo, ainda antes disso, esta foi uma importante localização para os romanos, que aqui estabeleceram minas de extração de outro. Dos períodos antigos da fixação de povos restam vestígios como “Evanta”, “Monte da Mamoa”, “Mamoa do Piolho” e outros.

Na Idade do Ferro, nas Serras de Santa Justa e Pias, também se verificou ocupação, restando o Alto do Castro, o Castro de Pias e o Castro de Couce.

Pelas Inquirições Gerais de 1258 sabe-se que o atual concelho se repartia entre o Julgado de Aguiar de Sousa – que incluia S. Martinho de Campo e Sobrado – e o Julgado da Maia – onde se incorpovaram S. Vicente da Queimadela, Valongo e S. Lourenço de Asmes.

Valongo recebeu foral em 1836.

Património edificado e natural

Em Valongo é possível encontrar várias infraestruturas museológicas que permitem conhecer a história e a cultura do concelho. O Museu Municipal é o expoente máximo destas infraestruturas; tem um património rico com um acervo representativo das tradições, da história e das atividades económicas do concelho.

Ainda em relação ao património edificado, Valongo é um concelho rico em património religioso, sendo esta uma das vertentes mais importantes do concelho. Igrejas matrizes, capelas, alminhas, calvários e cruzeiros são as marcas da devoção que se mantêm vivas até ao dia de hoje. Neste contexto destaca-se a Igreja Matriz de Valongo.

Em relação ao património natural, a serra de Santa Justa e Pias é o principal ex-libris. Além de ser possível apreciar a sua geo e biodiversidade, existem também algumas jazidas fossilíferas que convém visitar, tendo motivo a criação do Parque Paleozóico em 1995.

Gastronomia

A gastronomia de Valongo reflete as tradições gastronómicas locais, resultado da ancestral arte da panificação. De biscoitos a pudim de pão, passando pelas sopas secas ou doces brancos de Sobrado. A região é ainda marcada pelos vinhos verdes, naturalmente leves e frescos.

Geminações

Com o objetivo de aproximar os povos e criar laços históricos e culturais de amizade, o município de Valongo celebrou os seguintes Protocolos de Geminação:

  • Mé-Zochi (São Tomé e Príncipe)
  • Trélazé (França)
  • Luanda (Angola)
  • Fortaleza (Brasil)

Brasão da cidade00_brasao_oficial_dr2007-3

O brasão da cidade é escudo de prata, com um molho de cinco espigas de trigo de verde, atadas de ouro e acompanhadas por duas mós de negro, abertas e realçadas de ouro. Em contra-chefe estão duas faixetas ondadas de azul. A coroa mural de prata é de cinco torres e o listel é branco com as palavras a negro MUNICÍPIO DE VALONGO.

Municípios do Distrito do Porto

Amarante Baião Felgueiras Gondomar Lousada
Maia Marco de Canaveses Matosinhos Paços de Ferreira Paredes
Penafiel Porto Póvoa de Varzim Santo Tirso Trofa
Valongo Vila do Conde Vila Nova de Gaia
345 Visualizações 1 Total
345 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.