Setúbal, Portugal

Este artigo é patrocinado por: «A sua instituição aqui»

Apresentação da vila e município de Setúbal

Setúbal é um município português localizado no distrito com o mesmo nome, na Área Metropolitana de Lisboa. É um município com 131 000 habitantes, de acordo com os censos de 2011, com cinco freguesias em 230,33 km². O município é limitado a oeste por Sesimbra, a noroeste pelo Barreiro, a norte e leste por Palmela e a sul o estuário do Sado separa o município de Alcácer do Sal e Grândola.

As cinco freguesias do concelho de Setúbal são Azeitão (São Lourenço e São Simão), Gâmbia, Pontes e Alto da Guerra, Sado, Setúbal (São Julião, Nossa Senhora da Anunciada e Santa Maria da Graça) e Setúbal (São Sebastião).

História

Os registos de ocupação humana no território remontam à pré-história. De facto, em vários locais foram recolhidos vestígios dos Fenícios, Gregos e Cartagineses. Contudo, foi durante o Império Romano que Setúbal enfrentou grande desenvolvimento, uma vez que neste território os romanos instalaram fábricas de salga de peixe e fornos para cerâmica.

Após a queda do Império Romano, com a reconquista de Alcácer do Sal pelos Cristãos em 1217, a povoação de Setúbal foi incorporada e beneficiou da proteção da Ordem de Santiago. Foi esta Ordem que concedeu o primeiro foral ao território de Setúbal, em março de 1249.

Em 1343, durante o reinado de D. Afonso IV, o termo próprio do concelho foi demarcado, tendo sido construída uma rede de muralhas. Nos séculos seguintes a realeza e a nobreza fixaram a sua residência sazonal nesta zona.

Durante o reinado de D. João II inicia-se a construção da Praça do Sapal e do aqueduto. Foi também este monarca que reformou o foral da vila, em 1514. Anos mais tarde, em 1525, foi atribuído o título de “notável villa” por D. João III.

Setúbal foi elevada a sede de distrito em 1926 e em 1975 a sede de diocese.

Património natural e edificado

Um dos ex-libris desta cidade são as suas praias e jardins. Com um conjunto de praias muito diferentes entre si, todas as praias de Setúbal estão inseridas no Parque Natural da Arrábida, com exceção de Tróia. Assim, destacam-se as seguintes praias:

  • Albarquel
  • Figueirinha
  • Galapos
  • Galapinhos
  • Coelhos
  • Monte Branco
  • Creiro
  • Portinho da Arrábida
  • Pilotos
  • Alpertuche
  • Praia da Saúde
  • Praia da Lisnave
  • Praia da Maria Esguelha
  • Praia da Rainha

Em relação aos parques e jardins pode desfrutar da natureza no Jardim do Bonfim, no Parque Verde da Algodeia, no Parque de Vanicelos, no Parque do Monte Belo, no Parque Verde da Bela Vista, no Jardim Afonso Costa, no Bosque do Centenário ou nos Jardins da Luísa Todi, entre outros.

Em termos de património edificado religioso pode visitar:

  • Portal da Gafaria
  • Igreja de Santa Maria da Graça
  • Cruzeiro de Setúbal
  • Igreja do antigo Convento de Jesus
  • Igreja de São Julião
  • Ermida de Nossa Senhora do Livramento
  • Convento de Nossa Senhora da Arrábida
  • Igreja Paroquial de São Sebastião

Paralelamente, na vertente do património civil incluem-se os seguintes locais:

  • Palácio da Bacalhoa
  • Pelourinho de Vila Nogueira de Azeitão
  • Palácio dos Duques de Aveiro
  • Palácio da Quinta das Torres
  • Fontanário em Vila Nogueira de Azeitão
  • Aqueduto de Setúbal
  • Chafariz da Praça Teófilo Braga
  • Pelourinho de Setúbal

Por fim, é ainda importante mencionar os seguintes locais:

  • Castelo de São Filipe
  • Forte de Santiago do Outão
  • Muralhas de Setúbal
  • Fábrica romana de Salga
  • Casa de Luísa Todi
  • Casa de Bocage

Gastronomia

Dado o seu envolvimento com o estuário do Sado e a proximidade com o Oceano Atlântico, a gastronomia desta região é marcada pelos pratos de peixe e produtos piscatórios. Assim, podemos destacar as sardinhas assadas com batata cozida, o salmonete grelhado temperado com molho do fígado do peixe, o robalo grelhado, o carapau grelhado, feijoadas à base de choco e polvo, pratos de marisco ou de moluscos, caldeiradas de peixe e massa de cherne. Além disso, uma das grandes especialidades do concelho é o choco frito.

Na doçaria fazem parte as queijadas, as tortas, os esses de Azeitão e os barquilhos de casca de laranja. Fazem ainda parte do repertório gastronómico os vinhos, nomeadamente o Moscatel de Setúbal e os licores, mas também os queijos e os frutos.

Geminações

Com o objetivo de aproximar os povos e criar laços históricos e culturais de amizade, o município celebrou os seguintes Protocolos de Geminação:

  • Leiria (Portugal)
  • Magdburg (Alemanha)
  • Beauvais (França)
  • Pau (França)
  • Safi (Marrocos)
  • Galati (Roménia)
  • Beira (Moçambique)
  • Maxixe (Moçambique)
  • Nacala Porto (Moçambique)
  • Quelimane (Moçambique)
  • Debrecen (Hungria)
  • Porto Seguro (Brasil)
  • Tordesilhas (Espanha)
  • Tarrafal (Cabo Verde)
  • Bobigny (França)

Brasão da cidade

Setubal

O brasão da cidade é um escudo de azul, com um castelo de prata aberto e iluminado de púrpura sobre um contra-chefe de cinco faixas ondadas, três de prata e duas de verde, sendo estas últimas carregadas de três peixes de prata cada uma. Dois barcos de negro junto à porta do castelo, mastreados e encordoados também de negro com velas apanhadas de prata. Chefe de ouro carregado por uma vieira de púrpura acompanhada por duas cruzes da Ordem de Santiago no mesmo esmalte. A coroa mural é de prata de cinco torres e o listel é branco com os dizeres CIDADE DE SETÚBAL a negro.

Municípios do Distrito de Setúbal

Alcácer do Sal Alcochete Almada Barreiro Grândola
Moita Montijo Palmela Santiago do Cacém Seixal
Sesimbra Setúbal Sines
100 Visualizações 1 Total
100 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.