Santiago do Cacém, Portugal

Este artigo é patrocinado por: «A sua instituição aqui»

Apresentação da vila e município de Santiago do Cacém

Santiago do Cacém é um município português localizado no distrito de Setúbal, na região do Alentejo e sub-região do Alentejo Litoral. É um município com 29 749 habitantes, de acordo com os censos de 2011, com oito freguesias em 1 059,77 km². O município é limitado a norte pelo termo de Grândola, a nordeste por Ferreira do Alentejo, a leste por Aljustrel, a sul por Ourique e Odemira e a oeste por Sines. No litoral do concelho está o Oceano Atlântico. Este é o único município alentejano que contém duas cidades no seu termo – Santiago e Santo André – e três vilas – Cercal, Alvalade e Ermidas-Sado.

As oito freguesias do concelho de Santiago do Cacém são Santiago do Cacém, Santa Cruz e São Bartolomeu da Serra, São Domingos e Vale de Água, Abela, Alvalade, Cercal, Ermidas-Sado, Santo André e São Francisco da Serra.

História

A localização geográfica estratégica deste concelho potenciou a fixação de povoações desde tempos remotos, como é possível verificar em vários vestígios arqueológicos.

Originariamente povoado pré-celta, aglomerado urbano celta, este foi romanizado até ao período pós-imperial, nomeadamente do século I a.C. até ao século V d.C. Foi com os romanos que o quotidiano do povoado revitalizado, tornando-se a principal cidade romana da costa ocidental na zona sul do Tejo. Assim, Salatia Imperatoria ou Mirobriga Celtici tinha um fórum com um templo, termas e o único hipódromo romano conhecido em Portugal.

Por volta de 712, após o declínio de Miróbriga, os mouros chegaram ao território e ali edificaram um castelo na colina defronte. Inclusivamente acredita-se que o nome Kasem está associado a este alcaide mouro. A ocupação dos mouros manteve-se até 1217, tendo D. Afonso II confirmado a doação do seu pai à Ordem dos Espatários.

No século XIII o burgo de Sant’Iago de Kassem tinha uma importância para o território, tendo sido considerada oficialmente vila em 1186, com a atribuição da primeira carta de foral por ordem de D. Dinis.

Santiago do Cacém tornou-se sede de concelho em 1512, data em que D. Manuel I lhe concedeu carta de foral.

Património

Em relação ao património civil destaca-se:

  • Ponte medieval de Alvalade
  • Pelourinho de Alvalade
  • Pelourinho de Santiago do Cacém
  • Pousada de Santiago do Cacém

Em termos de arquitetura religiosa pode visitar:

  • Igreja de Santiago
  • Convento de Nossa Senhora do Loreto, atualmente em ruínas
  • Capela de São Brás
  • Ermida de São Sebastião
  • Capela de São Pedro

Além destes locais, é também importante mencionar:

Gastronomia

Alguns dos pratos mais característicos deste concelho são a caldeirada ou ensopado de enguias, as migas com carne de porco, a açorda à alentejana e queijo de cabra. Na doçaria destacam-se as alcomonias, bolos feitos à base de pinhão, farinha e mel.

Geminações

Com o objetivo de aproximar os povos e criar laços históricos e culturais de amizade, o município celebrou os seguintes Protocolos de Geminação:

  • Palmela (Portugal) a 02 de março de 1993
  • Santiago de Compostela (Espanha) a 11 de julho de 2007

Brasão da cidade

Santcace

O brasão da cidade é um escudo de azul, com um cavaleiro revestido de cota de malha e elmo, empunhando na dextra uma espada e na sinistra um escudo, tudo de prata, com a cara e mãos de carnação. O escudo do cavaleiro está carregado com uma cruz da Ordem de Santiago, de vermelho; o cavalo é de prata com arreios de vermelho; em ponta, corpo de mouro posto em faixa, vestido e foteado de prata, com cara e mãos de carnação. A coroa mural é de prata de cinco torres e o listel é branco com a legenda SANTIAGO DO CACÉM a negro.

Municípios do Distrito de Setúbal

Alcácer do Sal Alcochete Almada Barreiro Grândola
Moita Montijo Palmela Santiago do Cacém Seixal
Sesimbra Setúbal Sines
96 Visualizações 1 Total
96 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.