Odivelas, Portugal

Este artigo é patrocinado por: «A sua instituição aqui»

Apresentação da vila e município de Odivelas

Odivelas é um município português localizado no distrito de Lisboa na região de Lisboa e sub-região da Área Metropolitana de Lisboa. É um município com 144 549 habitantes, de acordo com os censos de 2011, com quatro freguesias em 26,54 km².

O município é limitado a nordeste por Loures, a sueste por Lisboa e a oeste por Amadora e Sintra.

As quatro freguesias do concelho de Odivelas são Odivelas, Pontinha e Famões, Póvoa de Santo Adrião e Olival Basto, Ramada e Caneças.

História

A origem do nome deste concelho está envolva numa lenda. Conta-se que D. Dinis tinha o hábito de se deslocar à noite ao Mosteiro de S. Dinis, em Odivelas, e numa certa noite, sabendo a rainha do que se passava, resolveu esperá-lo. Quando o rei fazia o seu percurso, a rainha interpelou-o e disse “Ide vê-as senhor”. Segundo a lenda, foi esta expressão que, por evolução, deu origem ao nome Odivelas.

Em relação à presença humana no território encontram-se vários sepulcros megalíticos, dolmens, castros e vestígios romanos. O incremento da região aconteceu durante o século XIII com D. Dinis, que mandou erguer o Mosteiro de invocação a S. Dinis e a S. Bernardo, e que foi doado às monjas Bernardas da Ordem de Cister. Em 1731 D. João V decreta o início da construção do Aqueduto das Águas Livres.

Com a extinção das ordens religiosas, Odivelas perdeu algum fulgor, apenas até ao início do século XX, quando começou a desenvolver-se. Em 1886 é instituído o município de Loures.

Património edificado

O património edificado do concelho inclui os seguintes locais:

  • Aqueduto das Águas Livres
  • Conjunto das cinco fontes de Caneças
  • Memorial de Odivelas
  • Mosteiro de Odivelas
  • Igreja Matriz de Odivelas
  • Anta de Pedras Grandes
  • Chafariz no Largo da Infância
  • Chafariz no Largo D. Dinis
  • Chafariz na Rua Estêvão Amarante
  • Estação Arqueológica da Serra da Amoreira
  • Padrão do Senhor Roubado
  • Moinho das Covas

Gastronomia

A gastronomia local caracteriza-se por ser saloia e diversificada. É a doçaria que se distingue, nomeadamente a doçaria conventual, recuperando a tradição deixada pelo Mosteiro de S. Dinis de Odivelas. As especialidades são a marmelada branca de Odivelas, os suspiros de amêndoa, as raivas, os tabefes, os esquecidos e 0 toucinho do céu.

Geminações

Com o objetivo de aproximar os povos e criar laços históricos e culturais de amizade, o município celebrou os seguintes Protocolos de Geminação:

  • Paul (Cabo Verde)
  • Região Autónoma do Príncipe (São Tomé e Príncipe)
  • Ribeira Grande de Santiago (Cabo Verde)

Brasão da cidade

Odivelas

O brasão da cidade é um escudo de prata, urso rompante de negro, armado e lampassado de vermelho tendo brocante banda enxaquetada de prata e vermelho de duas tiras; campanha diminuta de três tiras ondadas de azul e prata. A coroa mural é de prata de cinco torres e o listel é branco com a legenda MUNICÍPIO DE ODIVELAS a negro.

Municípios do Distrito de Lisboa

Alenquer Amadora Arruda dos Vinhos Azambuja
Cadaval Cascais Lisboa Loures
Lourinhã Mafra Odivelas Oeiras
Sintra Sobral de Monte Agraço Torres Vedras Vila Franca de Xira
81 Visualizações 1 Total
81 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.