Maia (Porto)

Este artigo é patrocinado por: «A sua instituição aqui»

Apresentação da cidade e município da Maia

Maia é um município português localizado no distrito do Porto, na região Norte e sub-região da Área Metropolitana do Porto. A Maia é sede de um município com 82,99 km² de área e 135 678 habitantes, de acordo com os censos de 2011, estando dividido em 10 freguesias. O município é limitado a norte pelos municípios da Trofa e Santo Tirso, a leste por Valongo, a sudeste por Gondomar, a sul pelo Porto, a sudoeste por Matosinhos e a noroeste por Vila do Conde.

História

O território que atualmente corresponde à Maia é habitado desde a Pré-História, sendo que já foram encontrados vários vestígios que atestam esta realidade, nomeadamente arte rupestre, mamoas, peças de cerâmica, arpões e pontas de seta do Calcolítico, da Idade do Bronze e da Idade do Ferro. Um dos indícios mais importantes desta ocupação é a Pedra Partida de Ardegães, um bloco granítico de 3,5 toneladas descoberto em 1930 na freguesia de Águas Santas e que se estima que tenha cerca de 5000 anos. Mais tarde, os romanos terão sido atraídos para o território graças à riqueza dos solos e à abundância de recursos. Deste período já foram encontradas várias necrópoles, peças de cerâmica, mós, vestígios da calçada romana e marcos miliares.

Na Idade Média foram os Mendes da Maia, radicados na zona, que exerceram uma grande influência política e militar, acompanhado desde o início a formação de Portugal. Na Era dos Descobrimentos, grande parte das velas que equipavam as caravelas portuguesas foram tecidas nesta região.

O foral foi concedido ao concelho da Maia a 15 de dezembro de 1519 por D. Manuel I. Nesta altura o concelho era constituído por 55 freguesias. Do início do século XVIII até 1836 era constituído por 44 freguesias e englobava todo o território entre o Leça e o Ave e algumas zonas a sul do Leça. A Maia foi palco da 2ª Invasão Francesa como ponto de passagem em direção ao Porto para o exército liderado por Napoleão Bonaparte.

Até 1902, a sede era Castêlo da Maia e, nesse ano, Barreiros foi elevada à categoria de vila e passou a ser sede do concelho. Em 1986 a vila da Maia foi elevada à categoria de cidade, um evento comemorado com a construção das Pirâmides da Maia.

Património natural e edificado

O património natural da Maia reside em 24 espaços verdes e parques, totalizando cerca de 1500 hectares de parques naturais e áreas em que o verde predomina. Neste contexto destaca-se o Parque de Avioso – S. Pedro, no Castêlo da Maia, com um total de 30 hectares e 4,5 quilómetros de percursos pedestres. Na mesma freguesia existe ainda a Quinta da Gruta.

Relativamente ao património edificado a Maia inclui locais e monumentos de importância considerável, como igrejas (como o Mosteiro do Divino Salvador de Moreira, a Igreja de Nossa Senhora da Maia, o Santuário de Nossa Senhora do Bom Despacho, Mosteiro de Águas Santas), cruzeiros, núcleos rurais, moinhos, estátuas (Estátua do Lidador), museus (Museu de História e Etnologia da Terra da Maia), praças (Praça do Exército Libertador, Praça Doutor José Vieira de Carvalho) e quintas (Quinta da Gruta, Quinta da Caverneira).

Economia

A economia local é focada essencialmente no setor terciário, tendo um setor de serviços bem explorado.

A proximidade do concelho com a cidade do Porto e a sua inserção na Área Metropolitana do Porto potencia o desenvolvimento económico. A maior parte das empresas do concelho está sediada na Zona Industrial da Maia, criada em 1970. Outro dos polos empresariais da cidade é o Tecmaia – Parque de Ciência e Tecnologia da Maia, inaugurado em 1999 e que agrega mais de 70 empresas.

Brasão da cidade

MAI1

O brasão do concelho da Maia é composto por um escudo de ouro com um feixe de três espigas de trigo verde, cruzadas em ponta e atadas a vermelho, acompanhadas pelas cruz dos Templários à esquerda e pela cruz da Ordem de Malta à direita, ambas em tom vermelho. O brasão tem ainda um chefe de negro com uma águia de ouro e, em contrachefe, três faixas, onduladas, duas em azul e outra de prata. No cimo do escudo está uma coroa mural de prata de cinco torres e abaixo do escudo está um listel branco com as palavras CONCELHO DA MAIA.

Municípios do Distrito do Porto

Amarante Baião Felgueiras Gondomar Lousada
Maia Marco de Canaveses Matosinhos Paços de Ferreira Paredes
Penafiel Porto Póvoa de Varzim Santo Tirso Trofa
Valongo Vila do Conde Vila Nova de Gaia
287 Visualizações 1 Total
287 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.