Leiria (Portugal)

Apresentação da cidade de Leiria e do seu concelho: caracterização sócio-económica, histórica, heráldica, património histórico, edificado e património natural.

Leiria é uma cidade portuguesa, sede de concelho e capital de distrito localizada na região Centro e sub-região do Pinhal Litoral. Segundo os Censos de 2011, a cidade de Leiria conta com 49.877 pessoas e o município conta com uma área de 565,09 km² e tem uma população de 126.897 habitantes num total de 18 freguesias, a saber: Amor, Arrabal, Bajouca, Bidoeira de Cima, Caranguejeira, Coimbrão, União de Freguesias de Colmeias e Memória, União de Freguesias de Leiria, Pousos, Barreira e Cortes, Maceira, União de Freguesias de Marrazes e Barosa, Milagres, União de Freguesias de Monte Real e Carvide, União de Freguesias de Monte Redondo e Carreira, União de Freguesias de Parceiros e Azoia, Regueira de Pontes, União de Freguesias de Santa Catarina da Serra e Chainça, União de Freguesias de Santa Eufémia e Boa Vista e União de Freguesias de Souto da Carpalhosa e Ortigosa. Faz fronteira com os concelhos de Pombal, Ourém, Batalha, Porto de Mós, Alcobaça, Marinha Grande e a noroeste pelo Oceano Atlântico.

1200px-LeiriaView

História da cidade:

O Castelo de Leiria é tido como um símbolo histórico e marca a história da Cidade nas diversas fases de ocupação. Foi fortaleza militar e Palácio Real. No entanto, a ocupação deste território junto ao Rio Lis é bastante anterior à época medieval e remonta ao período pré-histórico. E exemplo disso o espólio arqueológico relacionado com o período do Paleolítico Inferior e Médio mas a descoberta mais interessante foi uma sepultura com cerca de 25 mil anos, designada de “O Menino do Lapedo”.

castelo_de_leiria2-1Desde então esta região passou a ser sempre habitada como se pode comprovar pelos vários achados arqueológicos do período da sedentarização, do período romano e da ocupação medieval. A cidade de Leiria nasceu e foi-se desenvolvendo entre o Castelo e o rio Lis. A fundação dá-se aquando da Reconquista Cristã e da construção do Castelo mandado erigir pelo rei D. Afonso Henriques, já no século XII. Com o aumento da população a vila irá começar a expandir-se para fora das muralhas e em 1545 será elevada a cidade e a Diocese.

No reinado de D. Dinis, Leiria será alvo de diversas obras com fins agrícolas que permitiram tornar este território fertilíssimo, sendo a plantação do Pinhal de Leiria, a obra mais visível do seu reinado e que entretanto, sucumbiu aos incêndios de 2017. Na época dos Descobrimentos, as madeiras do Pinhal de Leiria foram fulcrais na construção naval. É de referir também a importância das indústrias vidreiras no desde o final do século XVIII até aos inícios do século XX, o que ajudou a revitalizar a preponderância de Leiria no panorama nacional, a nível demográfico, económico e social.

1200px-Sedeleiria

Património Natural e Edificado do Concelho:

O Castelo de Leiria é o monumento mais destacado do Património Edificado do concelho de Leiria e, como já foi referido, de elevada importância para o crescimento de Leiria. A Sé Catedral de Leiria, o Santuário do Senhor Jesus dos Milagres, a Capela de São Pedro, o Convento de São Agostinho e o seu Museu de Leiria são outros pontos de referência local no que toca ao património edificado. No património natural, o Rio Lis e os seus afluentes banham a cidade de Leiria são um dos pontos de relevo, juntamente, com o extenso areal existente, sendo a de Pedrogão, a mais conhecida.

Brasão da Cidade:

brasão leiriaO Brasão da Cidade de Leiria  tem um Escudo de ouro, um castelo de vermelho, aberto e iluminado de prata, acompanhado de dois pinheiros de verde, frutados de ouro e sustidos de negro, tudo saínte de um terrado de verde realçado de negro. Os pinheiros rematados cada um por um corvo de negro, voltados para o centro. A torre central acompanhada em chefe de duas estrelas de oito raios de vermelho. Em contra-chefe, três faixetas ondadas de prata e azul. Coroa de mural de prata de cinco torres. Listel branco com os dizeres : ” CIDADE DE LEIRIA “, a negro.

Acordos de Geminação e Cooperação:

cidade de Leiria conta com 13 acordos de cooperação e geminação, a saber:

  • Halton é um distrito do Noroeste de Inglaterra com perto de 125.700 pessoas (desde 12 de Outubro de 1997)
  • Maringá é um município brasileiro do Estado de Paraná com cerca de 400.000 habitantes (desde 5 de Novembro de 1982)
  • Nampula é uma Cidade de Moçambique conhecida como Capital do Norte, com cerca de 470.000 pessoas (desde 22 de Agosto de 2002)
  • Olavarria é uma Cidade argentina dos arredores de Buenos Aires com 83.738 habitantes (desde 1992)
  • Olivença é um concelho espanhol reivindicado por Portugal, com 12.032 locais (desde 21 de Julho de 1984)
  • Penglai é uma Cidade chinesa com perto de 500.000 habitantes (desde 2014)
  • Quint-Fonsegrives é uma comuna no Sul de França com 5.000 pessoas (desde 24 de Janeiro de 2013)
  • Rheine é uma Cidade do Noroeste da Alemanha com perto de 77.000 locais (desde 19 de Maio de 1996)
  • Saint-Maur-de-Fosses é uma comuna francesa nos arredores de Paris com mais de 75.000 habitantes (5 de Junho de 1982)
  • São Filipe é um concelho na Ilha de Fogo, em Cabo Verde, com perto de 23.000 habitantes (desde 28 de Novembro de 1984)
  • Setúbal é uma Cidade portuguesa com cerca de 100.000 pessoas (desde 16 de Maio de 1982)
  • Tokushima é uma Cidade japonesa na província com o mesmo nome e tem perto de 270.000 habitantes (desde 5 de Setembro de 1969)
  • Tongling é uma Cidade chinesa com 741.500 habitantes (desde 20 de Outubro de 1999)
735 Visualizações 1 Total
735 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.