Braga (Portugal)

Apresentação da cidade de Braga e do seu concelho: caracterização sócio-económica, histórica, heráldica, património histórico, edificado e património natural.

Braga é uma cidade portuguesa, sede de concelho e capital de distrito localizada na região Norte e sub-região do Cávado. Segundo os Censos de 2011, a cidade de Braga conta com 136.885 pessoas e o município conta com uma área de 183,4 km² e tem uma população de 181.494 habitantes num total de 37 freguesias, a saber: Adaúfe, União de Freguesias de Arentim e Cunha, União de Freguesias de Maximinos, Sé e Cividade, União de Freguesias de São José de São Lázaro e São João do Souto, São Vicente, São Vítor, União de Freguesias de Cabreiros e Passos (São Julião), União de Freguesias de Celeirós, Aveleda e Vimieiro, União de Freguesias de Crespos e Pousada, União de Freguesias de Escudeiros e Penso (Santo Estêvão e São Vicente), Espinho, Esporões, União de Freguesias de Este (São Pedro e São Mamede), União de Freguesias de Ferreiros e Gondizalves, Figueiredo, Gualtar, União de Freguesias de Guisande e Oliveira (São Pedro), Lamas, Lomar e Arcos, União de Freguesias de Merelim (São Paio), Panóias e Parada de Tibães, União de Freguesias de Merelim (São Pedro) e Frossos, Mire de Tibães, União de Freguesias de Morreira e Trandeiras, União de Freguesias de Nogueira, Fraião e Lamaçães, União de Freguesias de Nogueiró e Tenões, Padim da Graça, Palmeira, Pedralva, Priscos, União de Freguesias de Real, Dume e Semelhe, Ruilhe, União de Freguesias de Santa Lucrécia de Algeriz e Navarra, Sequeira, Sobreposta, Tadim, Tebosa e União de Freguesias de Vilaça e Fradelos. Faz fronteira com os concelhos de Amares, Póvoa de Lanhoso, Guimarães, Vila Nova de Famalicão, Barcelos e Vila Verde.

BragaTukTuk1-1500x1047

História da cidade:

Braga é a cidade mais antiga de Portugal, assim como é considerada uma das cidades cristãs mais antigas do mundo. Conta com mais de 2000 anos de história. Território habitado desde a pré-história, e um dos principais exemplares é a Mamoa de Lamas, um monumento megalítico edificado no período Neolítico. Estão também presentes as marcas do período de Bronze e Ferro. Este último caracterizado pela cultura castreja. No entanto, a cidade de Braga é fundada pelos romanos e a sua fundação dá-se no ano de 16 a.C.. Foi denominada de “Bracara Augusta”, em honra do Imperador romano César Augusto.  Foi assim, considerada capital da Galécia. A zona da Galécia contava com 5 vias romanas e um território vasto que ia desde o norte do Douro até ao território Cantábrico. Foi alvo de várias conquistas e reconquistas.

Com a queda do Império Romano do Ocidente, Bracara Augusta tornou-se a capital política e também intelectual do Reino Suevo. Com o declínio do Reino Suevo, passará a ser ocupada pelos Visigodos durante cerca de três séculos. Com a entrada dos mouros na Península Ibérica, também Braga é atingida e tomada. Devido a essa situação a diocese de Braga passará para Lugo. Com a reconquista, o processo de islamização será um capítulo fechado. No século XI, Braga será reorganizada. Neste período será iniciada a construção da muralha da cidade e da Sé, por ordem do Bispo D. Pedro de Braga e será doada como dote a D. Teresa, aquando do seu casamento com o Conde D. Henrique de Borgonha. Em 1112, a cidade será doada aos Arcebispos adquirindo assim uma relevante importância a nível Ibérico. Já no reinado de D. Dinis, as muralhas da cidade serão requalificadas e será construída a torre de menagem. Foram ainda adicionadas nove torres, de planta quadrangular, e concluiu-se a construção do Castelo de Braga, que ficava situado em torno da torre de menagem.

Mudanças mais profundas, vão ocorrer apenas no século XVI, quando o Arcebispo de Braga, D. Diogo de Sousa, manda introduzir novas ruas, praças e novos edifícios. A cidade irá crescer para fora do perímetro amuralhado. Durante o século XVI e até ao século XVIII, alguns edifícios de traça medieval serão substituídos por edifícios religiosos da época. André Soares transformará a cidade no Ex-libris do Barroco em Portugal. Durante o período das invasões francesas e das lutas liberais, Braga será palco da Batalha do Carvalho d’Este e vítima de vários saques por parte das tropas de Napoleão. A cidade será reocupada pelo general José António Botelho de Sousa, comandante das forças portuguesas no Minho e com o fim das lutas liberais as ordens religiosas serão expulsas, ficando a apenas o seu espólio.

Durante a Revolta da Maria da Fonte, na Póvoa de Lanhoso, a cidade de Braga será também palco de importantes confrontos entre o povo e as autoridades. No final do século XIX, é inaugurada pelo rei D. Luís a linha e a estação de comboios de Braga. Nesta altura o centro de Braga deixará a zona da Sé de Braga passando para a Avenida Central. Já no século XX, o general Gomes da Costa, inicia em Braga a Revolução de 28 de Maio de 1926. E desde o final do século XX em diante, Braga desenvolveu-se e cresceu a um ritmo bastante elevado. É conhecida por Capital do Minho.

17967785-bom-jesus-do-monte-monastery-braga-portugal-bright-blue-sky

Património Natural e Edificado do Concelho:

O concelho de Braga destaca-se pelo seu imenso e valiosíssimo Património Edificado, com o religioso à cabeça, nomeadamente, o Santuário do Bom Jesus do Monte e o Santuário do Sameiro. São dois dos principais motivos para a visita no concelho, estando num local proeminente, com uma vista deslumbrante sobre todo o território bracarense. Mas há mais monumentos e património de relevo. O Castelo de Braga, o Hospital de São Marcos, o Mosteiro de Tibães, o Arco da Porta Nova, a Sé de Braga e o Elevador do Bom Jesus do Monte são alguns exemplos do património relevante e de vital importância para conhecer a história de uma das cidades mais antigas do país. Como Património Natural do concelho, destaca-se os Jardins por toda a cidade, destacando-se os Jardins do Bom Jesus do Monte. O Rio Este banha o concelho de Braga, onde existe algumas das Praias Fluviais como a de Navarra, de Cavadinho, de Adaúfe e de Merelim São Paio, além da Área de Lazer da Ponte do Bico.

 

Brasão da Cidade:brasão braga

O Brasão da Cidade de Braga tem um Escudo azul, a imagem de Santa Maria de Braga (Nossa Senhora vestida com uma túnica de púrpura e com um manto azul cerúleo, coroada à antiga de prata, tendo um lírio de sua cor na mão dextra e sustendo o Menino Jesus no braço sinistro), ladeada de duas torres de prata, lavradas de negro, e acompanhada em chefe de três escudos de Portugal – antigo (de prata, cinco escudetes de azul, posto em cruz, cada escudete carregado de cinco besantes de prata). Coroa mural de prata de cinco torres. Listel branco com a legenda em maiúsculas de negro : ” BRAGA “.

 

Acordos de Geminação e Cooperação:

cidade de Braga conta com 10 acordos de cooperação e geminação, a saber:

  • Astorga é uma cidade espanhola na Região da Castela e Leão com cerca de 12.000 habitantes.
  • Bissorã é uma cidade da Guiné-Bissau na qual habitam pouco mais de 50.000 habitantes (desde 10 de Fevereiro de 1993)
  • Clermont-Ferrand é uma comuna francesa localizada no Maciço Central que conta com 141.000 habitantes.
  • Cluj Napoca é uma das mais importantes cidades da Roménia, considerada a Capital da Transilvânia. Conta com 324.576 pessoas na sua área.
  • Manaus é uma cidade brasileira, capital do Estado do Amazonas com mais de 1 milhão e 793 mil locais.
  • Puteaux é uma comuna francesa localizada nos arredores de Paris, com cerca de 45.000 habitantes.
  • Rio de Janeiro é a cidade mais conhecida e visitada do Brasil, sendo a capital do Estado com o mesmo nome e conta com cerca de 6 milhões e 500 mil habitantes.
  • São Nicolau é uma das Ilhas que compõem Cabo Verde, muito conhecida pela sua componente montanhosa e onde habitam 13.310 pessoas.
  • Santa Fé é uma cidade argentina com 415.000 pessoas localizada na zona costeira da Região da Planície Pampeana.
  • Santo André é um município do Brasil com cerca de 707.613 habitantes no Estado de São Paulo.
662 Visualizações 1 Total
662 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.