Ilha Terceira

Apresentação da Ilha Terceira: localização geográfica, descobrimento e povoamento da ilha, geografia, gastronomia e melhores locais a visitar

Este artigo é patrocinado por: «A sua instituição aqui»

A Ilha Terceira é uma das nove ilhas do Arquipélago dos Açores. Integra o Grupo Central. 

É a segunda ilha mais habitada dos Açores, com 56 437 habitantes, de acordo com os censos de 2011. É uma ilha com 401,9 km2 de superfície. Tem o posicionamento mais a leste das cinco ilhas que integram o Grupo Central e a mais próxima da Ilha de São Jorge. 

A Terceira é dividida em dois concelhos e trinta freguesias. 

Geografia da Ilha Terceira

A ilha tem uma dimensão de cerca de 29 quilómetros de comprimento por 18 quilómetros de largura. O seu perímetro mede 90 quilómetros. Com uma área de 402,2 quilómetros quadrados, o ponto mais alto da Ilha Terceira localiza-se a 1021 metros acima do nível do mar, na serra de Santa Bárbara. 

É atravessada pelo rifte da Terceira, uma estrutura geológica associada à junção tripla entre as placas téctónicas euroasiática, africana e americana. 

A ilha tem paisagens variadas e de grande beleza, com vários incidentes naturais como a Caldeira Guilherme Moniz, a Lagoa das Patas e a Chã das Lagoinhas.  

O descobrimento e povoamento da ilha

Não existem dados concretos sobre a descoberta da ilha. No entanto, a mesma figurava em portulanos quatrocentistas. Inicialmente denominava-se Ilha de Jesus Cristo. Mais tarde passou a Ilha de Jesus Cristo das Terceiras até se designar apenas de Terceira. 

A ilha começou a ser povoada a partir da sua doação a 21 de março de 1450 por carta do Infante D. Henrique ao flamengo Jácome de Bruges. O flamengo trouxe as suas gentes e algumas espécies de animais. O desembarque aconteceu no Porto Judeu. 

A primeira povoação terá sido no lugar de Portalegre. Ali ergueu-se um pequeno templo sob invocação de Santa Ana. 

Ilha Terceira

Gastronomia

A alcatra é a principal estrela da gastronomia terceirense. A alcatra pode ser de carne de vaca ou de peixe. É um prato típico cozinhado lentamente num tacho de barro onde se apura o molho de toucinho, cebola, alho, louro, pimenta e vinho. Costuma acompanhar com pão ou massa sovada. 

Em termos de doçaria destacam-se os bolos Dona Amélia, os coscorões, as cornucópias e o arroz doce. 

O que visitar 

Para quem visita esta ilha açoriana não pode deixar de visitar os seguintes locais:

  • Forte de São Sebastião
  • Gruta do Natal
  • Antigo Convento e Igreja de São Francisco
  • Sé Catedral
  • Centro Histórico de Angra do Heroísmo
  • Obelisco do Alto da Memória
  • Monte Basil
  • Museu do Vinho
  • Centro de Interpretação da Serra de Santa Bárbara
  • Algar do Carvão
  • Praia da Vitória
  • Forte de São Mateus da Calheta
  • Forte do Negrito
  • Miradouro da Laginha
  • Império do Espírito Santo do Terreiro
  • Ponta das Contendas
  • Piscina Natural do Porto Martins
  • Miradouro do Facho
  • Forte de Santa Catarina
  • Miradouro da Serra do Cume
  • Reserva Natural da Lagoa da Fajãzinha
  • Piscinas Naturais de Quatro Ribeiras
  • Piscinas Naturais de Biscoitos
  • Miradouro Ponta do Queimado
  • Miradouro de Santa Bárbara
  • Furnas de Enxofre
  • Serra de Santa Bárbara
178 Visualizações 1 Total
178 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.