Plantas invasoras (Lista das xx principais)

Lista das plantas invasoras mais comuns no mundo. Nesta consta as 20 principais plantas invasoras…

Lista das xx plantas invasoras no mundo

espécie invasora

espécie invasora

Plantas invasoras são plantas que após terem sido introduzidas num novo habitat acabam por dominar toda a área expulsando as espécies nativas que já lá se encontravam. Uma espécie torna-se invasora se possuir características que a tornam apta a sobreviver em diferentes habitats, assim como um sistema reprodutivo muito eficiente que permite a produção de um grande número de sementes que são dispersas por diferentes agentes dispersivos.

Uma planta invasora pode surgir num novo local de forma espontânea, ou de forma propositada ao ser introduzida (pelo ser humano). As plantas exóticas que têm potencial para se tornar invasoras, no entanto, nem todas essas espécies são invasoras. Uma espécie pode ser considerada invasora num país e nativa de outro, logo estas definições só se aplicam consoante o país.

Os diferentes países possuem na sua legislação uma lista de plantas e animais que não podem entrar por terem potencial para se tornarem invasores. Certos países chegam mesmo a proibir a entrada de certas espécies por medo que a sua fuga venha a prejudicar o equilíbrio dos ecossistemas.

A lista que se segue tem em conta não o facto de a planta ser invasora, mas antes a capacidade que estas espécies têm de se tornarem invasoras se encontrarem as condições adequadas para se desenvolverem.

Lista com 20 das plantas mais invasoras:

espécie invasora

espécie invasora

Acacia mearnsii

Uma árvore de crescimento muito rápido, que compete com as espécies nativas, particularmente as herbáceas, acabando por suplanta-las, o que favorece a diminuição da biodiversidade. Ao mesmo tempo por se tratar de uma planta de regiões quentes tem tendência a absorver uma grande quantidade de água deixando as reservas das zonas riparias em baixo.

Arundo donax

Esta espécie de canas encontra-se muitas vezes perto de fontes de água, invadindo frequentemente as zonas riparias, o que provoca alterações consideráveis nos ciclos da matéria associados a estes ecossistemas. O seu lado positivo é o longo tempo que demora a colonizar uma área.

Caulerpa taxifolia

Esta espécie é uma alga altamente invasora, que geralmente é introduzida nos rios devido à aquariofilia, pois é muito apreciada como decoração para os aquários, podendo inadvertidamente acabar por escapar e propagar-se nos rios devido às águas de esgoto.

Clidemia hirta

Um arbusto com características invasivas, particularmente em regiões tropicais, onde coloniza todos os espaços livres por baixo da copa das árvores, impedindo que outras espécies se regenerem. A sua introdução está associada a solos perturbados.

Euphorbia esula

Esta espécie encontra-se por todo o mundo, com exceção da Austrália, denotando assim a sua grande capacidade como invasor. Estas plantas surgem antes das espécies nativas, obrigando-as a competir pelos recursos disponíveis e desalojando as espécies indígenas.

Fallopia japonica

Espécie capaz de colonizar diversos habitats, com diferentes condições climáticas, levando a que vários países a considerem uma planta invasora. As suas raízes criam um vasto sistema que invado novos territórios desalojando os espécimes que lá se encontravam inicialmente. O corte favorece o seu crescimento e torna o indivíduo mais forte.

Hedychium gardnerianum

O seu aspeto contribuiu para o uso desta espécie como ornamental, permitindo assim que esta fosse introduzida em diferentes áreas. A sua capacidade adaptativa permite-lhe habitar em diversas condições, assim como o facto de formar colónias bastante densas permite que esta se torne uma boa invasora.

Hiptage benghalensis

O seu fruto é alado facilitando assim o seu transporte pelo vento e como tal a sua disseminação a maiores distâncias. As suas flores contribuíram para a preferência desta espécie para o uso como ornamental em jardins e parques. O seu crescimento é também intenso que sufoca as outras espécies presentes no local.

Imperata cylindrica

Espécie comum em países tropicais húmidos, tem se alastrado para zonas tropicais secas onde se comporta como uma erva daninha. Possui rizomas muito extensos o que lhe permite fixar-se em solos mais pobres e sendo resistente ao fogo pode sempre recuperar mais rapidamente que espécies nativas.

Lantana camara

Esta espécie possui um grande número de variedades que se espalharam por vários países. A sua propagação deve-se à destruição das florestas para as tornar em campos de pastagem ou para agricultura. Estas desequilibram as florestas nativas, podendo mesmo levar ao seu desaparecimento.

Leucaena leucocephala

Espécie com um crescimento muito rápido, e capaz de fixar o nitrogénio tornam-na numa espécie muito interessante para cultivar como forragem. Esta torna-se numa invasora agressiva quando presente em terrenos perturbados. Após a sua implementação é difícil remove-la.

Melaleuca quinquenervia

Espécie apoia a sua reprodução na basta produção de sementes. Esta especie é ainda resistente ao fogo permitindo-lhe regenerar-se mais rapidamente e ocupar os locais que foram deixados pelas espécies nativas que não eram resistentes ao fogo. Após introduzida é de difícil controlo.

Myrica faya

Espécie de crescimento rápido produz um grande número de sementes que são dispersas por vários locais, onde forma novos focos populacionais. Estas dão preferência a habitats expostos, acabando por expulsar outras espécies devido à competição e à boa capacidade adaptativa. Esta invasora tem grande influencia nos ciclos do azoto, podendo mesmo desequilibra-lo.

Opuntia stricta

Esta espécie é altamente invasora na Austrália e em certas zonas de África, onde encontrou boas condições para se reproduzir e disseminar. A sua introdução deu-se devido ao seu interesse como espécie ornamental. Os seus fragmentos possuem a capacidade de enraizar durante muito tempo depois de serem cortados, permitindo o seu transporte.

Pinus pinaster

Esta espécie possui uma elevada capacidade de regeneração tendendo a invadir os terrenos circundantes, muitas vezes sufocando e suplantando as espécies que lá se encontravam. A sua prevalência leva à alteração dos ciclos hidrológicos, assim como do habitat de diversos seres vivos.

Prosopis glandulosa

Esta espécie é um arbusto que compete com outras as espécies nativas na obtenção de recursos. Após estabelecer-se, esta cria densas matas onde acaba por sufocar as espécies herbáceas que lá existiam, diminuindo o seu crescimento, contribuindo ainda para a diminuição da biodiversidade.

Pueraria montana var. Lobata

Esta recupera rapidamente após perturbações, seja o corte ou o fogo, tornando difícil o seu controlo quando se encontra implantada. Os maiores impactos que provoca são a perda da diversidade, assim como da produtividade do ecossistema.

Schinus terebinthifolius

Espécie pioneira em locais perturbados, podendo tornar-se bastante agressiva para as outras espécies com que partilham os recursos. A sombra produzida pelas suas folhas desencoraja a instalação de fauna, assim como outras espécies de flora.

Spathodea campanulata

Esta espécie preferência habitats quentes e húmidos, geralmente invade área agrícolas e zonas florestais, fazendo com que as outras espécies desapareçam tornado-se a espécie predominantes nessas regiões.

Ulex europaeus

Espécie que predomina em regiões de mato denso, sendo extremamente competitiva, podendo mesmo contribuir para a alteração do solo, impedindo assim a sobrevivência das espécies nativas.

212 Visualizações 1 Total

References:

Lowe S., Browne M., Boudjelas S., De Poorter M. (2000) 100 of the World’s Worst Invasive Alien Species A selection from the Global Invasive Species Database. Published by The Invasive Species Specialist Group (ISSG) a specialist group of the Species Survival Commission (SSC) of the World Conservation Union (IUCN), 12pp. Consultado em: Agosto 31, 2018 em http://www.iucngisd.org/gisd/100_worst.php

212 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  Biologia
  •  Economia
  •  História
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática