Cortina de Ferro

O que é a Cortina de Ferro; que países estão para lá da cortina de ferro; quando surgiu e qual origem da expressão…

O que é a Cortina de Ferro

‘Cortina de Ferro’ era uma expressão usada durante o período da ‘Guerra Fria’ para designar as fronteiras que separavam do resto da Europa os países comunistas alinhados com a URSS (Alemanha de Leste, Polónia, Checoslováquia, Hungria, Roménia e a própria URSS), bem como a Jugoslávia e a Albânia (estes também comunistas mas não alinhados com a URSS). A expressão pretendia indicar a falta de mobilidade de ideias ou de conhecimentos e a dificuldade de movimento de pessoas e de bens de e para os ditos países que estavam ‘para lá’ desta linha divisória e que separava a Europa em duas: a ‘Europa Ocidental’ e a ‘Europa de Leste’.

A expressão foi utilizada pela primeira vez em março de 1946 pelo Primeiro Ministro inglês Winston Churchill num discurso proferido em Fulton, no Missuri, e em que disse “De Szczecim, no Báltico, a Trieste, no Adriático, desceu sobre o continente uma cortina de ferro”. Com o desmembramento da URSS, que levou ao fim da Guerra Fria e à mudança de regime político nos até aí países comunistas europeus, a expressão deixou de fazer sentido.

Pode ser uma imagem de mapa e texto que diz "NATO Pacto de Varsóvia Países Neutros Países não Alinhados Varsóvia Pacto de Atlântio"

 

403 Visualizações 1 Total
403 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.