Império Antigo (Egipto)

Império Antigo (Egipto)

O Império Antigo, que corresponde às dinastias III, IV, V e VI, e que ocorreu no período que vai de 2664 a 2181 a.C., constituiu um importante ciclo histórico unitário na história do Egipto e é também o primeiro grande Estado da História mundial. É durante o Império Antigo que são fundadas as estruturas da sociedade egípcia que a moldaram através dos séculos. É no Império Antigo que o título de faraó assume um significado de poder absoluto que encarnava o deus Hórus (o grande deus com forma de falcão) e que a partir da IV dinastia passaria a ser venerado como filho do deus Ré, o deus do Sol. Esta é também a época das pirâmides, grandes necrópoles construídas para o faraó e suas famílias.

O Império Antigo termina com a VI dinastia, altura em que o poder dos faraós começa a enfraquecer e em contrapartida dá-se um aumento progressivo do poder dos governadores dos nomos (os chamados nomarcas), verdadeiros senhores feudais que governavam cada uma das unidades administrativas em que estava dividido o território do Egipto.

757 Visualizações 1 Total
757 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.