Patrick Vieira

Patrick Vieira é um ex-futebolista francês, um dos melhores médios de todos os tempos, destacou-se pela selecção francesa e pelo Arsenal maioritariamente.
Actuou ainda no Inter de Milão, Juventus, AC Milan, Manchester City e Cannes.

Patrick Donalé Vieira é um ex-futebolista francês, teve uma carreira com passagens por França, Itália e Inglaterra, com particular destaque para a sua passagem, onde as nove épocas ao serviço do clube fazem dele um dos melhores jogadores da história dos londrinos. Retirou-se dos relvados em 2011, sendo actualmente treinador de futebol.

patrick-vieira-arsenal_3216767

Patrick Vieira nasceu no Senegal a 23 de Junho de 1976, o seu pai é senegalês e a sua mãe cabo-verdiana. Aos oito anos de idade mudou-se com os pais para a vila de Dreux, no norte de França, onde deu início a uma carreira no mundo do futebol. Após alguns clubes locais ao longo da formação, aos dezasseis anos, transferiu-se para o Cannes, onde concluiu este processo e onde se estreou profissionalmente. Estreou-se pela equipa principal aos dezassete anos e esteve no clube até aos dezanove, de onde saiu já como um dos capitães de equipa, as boas épocas no clube do sul de França chamaram a atenção de vários clubes europeus e o AC Milan conseguiu a sua contratação em 1995. No entanto, Patrick Vieira não teve vida fácil no clube, um plantel do AC Milan apetrechado com bons jogadores e a juventude do jogador, levaram a que Vieira, jogasse maioritariamente pela equipa de reservas, apesar dos poucos jogos, sagrou-se campeão italiano no final da época, vencendo o seu primeiro enquanto sénior. A escassa utilização levou à saída de Itália, rumando ao Arsenal.

No país da rainha, Vieira viria a tornar-se um verdadeiro rei, sob a orientação do compatriota Arsène Wenger, Vieira assumiu a titularidade indiscutível da equipa desde o primeiro momento. Tornou-se o pêndulo do meio campo do Arsenal, numa das fases mais douradas da história dos londrinos. No clube, tornou-se num dos melhores jogadores do mundo e um dos melhores médios defensivos da história do futebol. Esteve um total de nove temporadas em Londres, onde venceu por três vezes a liga, cinco vezes a FA cup e por cinco vezes a community shield. Entre estes troféus destaca-se o título de campeão inglês da época 2003/2004, onde uma equipa repleta de craques, além de Vieira, também Henry, Bergkamp ou Ljungberg fizeram da equipa campeão sem derrotas, que lhes valeu a alcunha que ainda hoje perdura, como os invencíveis.  Ao serviço dos gunners, Vieira realizou um total de 405 jogos, onde marcou 33 golos, que fazem dele um dos estrangeiros com mais jogos pelo clube, ainda hoje é visto como uma das maiores lendas do clube e em 2005 aquando da sua saída, foram muitas as vozes críticas contra tal decisão.

Apesar das críticas, Vieira acabou mesmo por sair em 2005, rumando à Juventus. Em Turim, assinou por cinco temporadas, sagrou-se campeão logo na primeira mas no final da época rebenta o escândalo de corrupção calciopoli, que leva à descida de divisão da Juventus, Vieira rescinde com o clube mudando-se para Milão, desta vez para o Inter.

A segunda passagem por Milão revela-se muito mais positiva que a primeira, desta vez, esteve durante três temporadas e meia onde foi sempre campeão, ganhando ainda por duas vezes a supertaça e por uma vez a taça, além dos troféus internos, conquista ainda a liga dos campeões, pela primeira e única vez na carreira, sendo sempre como uma peça fundamental na equipa , tanto para Roberto Mancini como José Mourinho, treinadores que teve no clube. Em Janeiro de 2010, regressa a Inglaterra, agora para representar o Manchester City. Convencido pelo seu ex-treinador do Inter, Roberto Mancini, Vieira aceitou regressar ao campeonato onde havia sido mais feliz. Esteve uma temporada e meia nos citizens, tempo suficiente para participar em 46 jogos oficiais, retirando-se do clube e também dos relvados aos 35 anos de idade.

Patrick Vieira fez parte de uma geração de ouro da selecção francesa, ao serviço dos gauleses conta com 107 jogos, que fazem dele o quinto mais internacional de sempre, sagrou-se campeão do mundo em 1998 e campeão europeu em 2000.

435 Visualizações 1 Total
435 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.