Bento

Bento foi um ex-futebolista nacional da década de 70 e 80, sendo dos melhores guarda-redes nacionais de sempre e uma das referências do Sport Lisboa e Benfica.

Biografia de Bento

Bento foi um ex-futebolista nacional da década de 70 e 80, sendo dos melhores guarda-redes nacionais de sempre e uma das referências do Sport Lisboa e Benfica.

Manuel Galrinho Bento era um guarda-redes que fugia dos padrões normais na época, sendo um atleta de baixa estatura com bom jogo de pés para a posição e de grande agilidade e velocidade de reacção. Nasceu na Golegã, a 25 de Junho de 1948 e depois do período escolar, torna-se pedreiro aos 15 anos de idade. Ainda assim, jogava à bola nos tempos livres e seguiu para a equipa do Riachense. Mais tarde, jogos nos juvenis do clube da terra natal, o Goleganense, e despertou o interesse de equipas locais como o União de Tomar e Torres Novas mas foi parar a Alvalade para prestar provas. Correram bem e o natural da Golegã ia ficar no Sporting Clube de Portugal, contudo a operação foi abortada porque teve algumas desavenças com os dirigentes do clube e Bento voltava à Golegã. Não ficou no Sporting, ficou no Barreirense, clube pelo qual mais tarde se iria estrear a nível sénior no campeonato nacional da I Divisão. Foi uma das figuras da equipa quando o clube do Barreiro atingiu a sua melhor classificação de sempre, com um quarto lugar em 1969/1970, que os levou à Taça UEFA no ano seguinte. As boas exibições e a manutenção das redes invioladas faziam de Bento, um dos alvos que as equipas principais pretendiam buscar ao Barreirense, o que viria a ser conseguido pelo Benfica no ano de 1972. Não foi logo titular na equipa encarnada mas soube esperar pela sua oportunidade para se impor. Só a partir da época de 1975/1976 é que começou a ser mais utilizado no Benfica e isso fez com que, também, fosse chamado para a selecção nacional, algo que aconteceu nos finais de 1976, quando jogou frente à Polónia num encontro a contar para a fase de qualificação do Campeonato do Mundo. Foi decisivo na selecção, tal como foi no Benfica. Ao serviço do clube da Luz, venceu oito campeonatos, seis Taças de Portugal e duas Supertaças e na selecção nacional era um dos responsáveis pela melhoria dos resultados que levaram a duas fases finais, Euro-84 e Mundial de 86, algo que só acontecera em 1966, no Mundial de Inglaterra. Fazia exibições de grande qualidade, revelando toda a sua mestria nos jogos mais difíceis, mostrando o seu carácter guerreiro e destemido que o caracterizava. Um desses casos foi a vitória que carimbou a ida de Portugal ao Mundial do México, no jogo com a Alemanha. Carlos Manuel foi um dos homens do jogo pelo único golo da partida mas Bento, também, é uma das figuras da partida pelas defesas que protagonizou e que assim ajudou ao triunfo nacional diante dos germânicos. No campeonato mundial, em 1986, no México teve um episódio infeliz que o fez, praticamente, acabar com a carreira internacional. Além de ser uma das figuras da selecção nacional pela sua qualidade e por ser capitão da equipa, foi, também, um dos rostos da insatisfação do grupo devido ao caso que abalou os portugueses no Mundial relacionado com os prémios de jogo. Os portugueses venceram o primeiro jogo frente à Inglaterra, no qual Bento foi titular. Mas num treino tendo em conta o jogo seguinte com Marrocos, Bento caiu mal no chão e fractura a perna, não jogando mais pela selecção nacional. Se na selecção nacional não jogou mais, no Benfica continuou a fazer parte da equipa mas com a participação residual em jogos da equipa entre 1986 e 1990. Isto porque a recuperação desta lesão nunca decorreu da melhor forma. Quando o davam como apto, Bento tinha uma recaída. Por isso mesmo depois da lesão, os únicos jogos que fez pelo Benfica foram no jogo da consagração do título, em 1986/1987 e despediu-se da carreira num jogo frente ao Belenenses, a 20 de Maio de 1990, sendo o melhor em campo desse jogo. Chegou a ser treinador de guarda-redes da equipa principal e da formação do Benfica, além de ter sido treinador principal de clubes como o Leça, o União de Coimbra e o Amora.

695 Visualizações 1 Total
695 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.