Flora Boreal

Descrição da floral boreal, as suas principais características, assim como as principais espécies que habitam este ecossistema…

Flora Boreal – descrição

Flora boreal

Flora boreal

Flora boreal consiste no conjunto de espécies vegetais (arbóreas ou arbustivas) que podem ser encontradas num ecossistema boreal. Estas espécies encontram-se limitadas por caraterísticas ambientais relacionadas com as condições físicas, geográficas e climáticas que existem numa região fria.

A flora encontrada nesta região pode possuir algum tipo de gestão. ou pode fazer parte de um ambiente intocado pelo Homem, porque estas florestas encontrarem-se espalhadas por diferentes países, cujas praticas de gestão florestal variam consideravelmente.

Floresta boreal:

O globo terrestre foi dividido consoante as suas características geográficas e climáticas existindo três grandes regiões, que se encontram distribuídas de forma simétrica a partir do equador. A região mais a norte é uma região fria, encontrando-se perto do polo norte. Esta região divide-se entre os biomas da taiga, mais a sul e da tundra mais próxima do circulo polar.

As espécies que se encontram neste espaço encontram-se adaptadas a diversas perturbações, criando diversidade. As condições presentes na região boreal enquadram-se na taiga, sendo comum a presença de uma camada de solo permanentemente congelada.

A precipitação sob a forma de chuva ou neve é frequente, particularmente durante a estação mais fria. A atividade humana também é uma das causas da destruição da flora boreal, pois provoca a desflorestação, o empobrecimento dos solos, não só devido à ação humana, mas também devido às condições de baixa produtividade da região, assim como a fragmentação de território.

Os solos destas regiões são muito ricos, particularmente, em petróleo, carvão e gás natural, tornando-os bastante valiosos. Por outro lado, estes são responsáveis pelo incremento da destruição florestal presente nesta área, especialmente pelo abate de árvores.

O período de desenvolvimento da flora é mais curto do que o existente noutras zonas do planeta devido a baixa quantidade de luz solar presente, assim como o clima frio.

As más condições presentes neste habitat obrigaram ao desenvolvimento de comportamentos como a competição, o carnivorismo ou mesmo o parasitismo, permitindo o crescimento destas espécies.

As espécies perenes (onde estão incluídas as coníferas) mantêm as suas folhas durante todo o inverno, enquanto as espécies caducifólias perdem as suas folhas até que as condições atmosféricas fiquem mais apropriadas.

Características da flora boreal:

Flora Boreal no inverno

A região boreal corresponde a uma área muito grande, estendendo-se por cerca de dois continentes, por essa razão os habitats presentes nos dois continentes podem ser bastante diferentes. No continente euro-asiático a diversidade é mais baixa do que no continente americano, pois estas florestas encontram-se no seu estagio clímax. As florestas presentes no continente americano têm vindo a ser geridas e mantidas pelo ser humano, possuindo assim um maior número de espécies.

A maioria das espécies vegetais presentes na região boreal correspondem a coníferas, isto é, árvores que não possuem verdadeiros frutos, sendo que as suas sementes desenvolvem-se dentro de cones (pinhas). As coníferas apresentam as suas folhas com a forma de agulhas de cor verde-escura devido à elevada presença de clorofila. Ao mesmo tempo os galhos destas árvores possuem uma disposição que atribui a estas espécies a forma de cone, com orientação no sentido do solo, evitando o seu colapso devido ao peso da neve.

Os cones das coníferas abrem geralmente após um fogo, no entanto, a baixa probabilidade de incêndios nestas áreas leva os investigadores a teorizar que os cones das coníferas presentes na zona boreal não estão normalmente associados a esta forma de renovação ecológica.

Uma parte da floresta boreal consiste em árvores muito juntas cujo solo encontra-se coberta por musgos. Essas zonas florestais são bastante concentradas e separam-se em zonas de clareira onde predominam arbustos e pequenas herbáceas. Outras regiões onde predominam líquenes, tanto sobre o solo, como associadas a árvores, nestas zonas é comum a presença de espécies caducifólias.

Espécies de flora boreal:

As espécies presentes não contribuem para um solo muito produtivo. A baixa produtividade, assim como as baixas temperaturas e a fraca luminosidade levaram ao surgimento de florestas de perenifólias, mais a norte e florestas de caducifólias mais próximo dos climas temperados. Os ecossistemas clímax desta região são normalmente bosques de Piceas.

As espécies constituintes da flora boreal são importantes não só para a produção de oxigénio, assim como outros serviços do ecossistema.

Ao mesmo tempo, os recursos produzidos por estas árvores permitem a sobrevivência das espécies de fauna que habitam estes ecossistemas. Nestas regiões não é comum a ocorrência de invasões devido às suas condições naturais, no entanto, o fogo é um acontecido regular, sendo responsável pelo surgimento de muitas espécies pioneiras (associadas a espécies invasoras por se desenvolverem rapidamente em ambientes com poucas condições).

Exemplar da flora boreal

As espécies arbóreas mais comuns na zona boreal

  • Abies balsamea

  • Abies lasiocarpa

  • Betula papyrifera

  • Betula pendula

  • Larix americana

  • Larix laricina

  • Larix sibirica

  • Larix dahurica

  • Picea abies

  • Picea glauca,

  • Picea mariana,

  • Picea obovata

  • Picea sitchensis

  • Pinus banksiana,

  • Pinus contorta var. latifolia

  • Pinus sylvestris

  • Populus balsamifera

  • Populus tremuloides

Algumas das espécies mais comuns nos estratos inferiores

  • Linnaea borealis

  • Lycopodium sp.

  • Maianthemum bifolium

  • Moneses uniflora

  • Oxalis acetosella

  • Vaccinium myrtillus

73 Visualizações 1 Total

References:

Boreal Zone. Global Forest Atlas. Yale school of forestry & environmental studies. Yale University. Consultado em: Agosto 31, 2019 em https://globalforestatlas.yale.edu/boreal-zone

Brandt, J.P.; Flannigan, M.D.; Maynard, D.G.; Thompson, I.D.; Volney, W.J.A. (2013). An introduction to Canada’s boreal zone: ecosystem processes, health, sustainability, and environmental issues. Environ. Rev. 21: 207–226. Consultado em: Agosto 31, 2019 em https://www.nrcresearchpress.com/doi/10.1139/er-2013-0040#.XT7GtehKjIU

Boonstra, Rudy; Andreassen, Harry P.; Boutin, Stan; Hušek, Jan; Ims, Rolf A.; Krebs, Charles J.; Skarpe, Christina; Wabakken, Petter (2016). Why Do the Boreal Forest Ecosystems of Northwestern Europe Differ from Those of Western North America? Bioscience; 66(9): 722–734. Consultado em: Agosto 31, 2019 em https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5421309/

73 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  Biologia
  •  Economia
  •  História
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática