Lamiaceae, Família

Descrição da família Lamiaceae, as principais caraterísticas, os locais onde podem ser encontradas, assim como algumas das suas utilizações…

Descrição da família Lamiaceae

Menta

Menta

Lamiaceae é a designação atribuída a uma família de angiospérmicas, que se encontra na ordem Lamiales, pertencente à classe Magnoliopsida. Anteriormente esta família era conhecida por Labiatae ou labiadas, tendo sofrido alteração devido às recentes regras de nomenclatura.

A organização desta família pelo sistema APG atribui-lhe cerca de 260 géneros e quase 7200 espécies diferentes. Esta família é conhecida pela família das mentas, pois uma das suas espécies mais importantes é a hortelã (Mentha), outros exemplos de membros desta família são a sálvia e o rosmaninho.

Lamiaceae (Labiatae)
Reino Filo Classe Ordem Família Género Espécie
 Plantae Magnoliophyta Magnoliopsida Lamiales Lamiaceae
Distrib. Geográfica Estatuto Conserv. Habitat Necessidades Nutricionais
 Longevidade
 cosmopolita  não estudado  baixa exposição solar, clima mediterrâneo  nenhuma em especial anuais, bianuais
Características Físicas
Anatómicas  folhas simples, inteiras, com distribuição oposta, flores em inflorescências racemosas
Tamanho porte herbáceo, arbóreo ou trepadeiras
algumas espécies são perenes

Principais características:

A família Lamiaceae pode apresentar indivíduos com porte herbáceo, arbustivo de pequenas dimensões, ou arbóreo consoante a espécie, muito raramente podem surgir espécies trepadeiras. Estes indivíduos podem ser anuais, bianuais ou perenes, possuindo um caule quadrangular, o que não ocorre em todos os membros desta família.

As suas folhas são simples (por vezes compostas) e inteiras, com uma distribuição oposta. Essas folhas encontram-se revestidas por pequenos pelos responsáveis pela secreção de óleos aromáticos e voláteis. O potente e característico odor libertado pela maioria das espécies da família Lamiaceae ocorre devido ao esmagamento das suas folhas.

As flores reúnem-se em inflorescências racemosas que podem ser axiais. Essas flores podem ser pequenas ou grandes, consoante a espécie, geralmente hermafroditas. O cálice é tubular formado por 5 sépalas, podendo facilitar a identificação da espécie, a corola, também apresenta forma tubular, sendo formada por 5 pétalas (geralmente duas em cima e três em baixo).

O ovário é súpero, bicarpelar e bilocular com dois óvulos por lóculo. A polinização das flores desta família ocorre com o auxílio de polinizadores como por exemplo as abelhas, ou as borboletas.

O seu fruto é esquizocarpo (aquénio) podendo ser consumido por algumas espécies de aves e mamíferos, o que pode facilitar a propagação das suas sementes. As sementes possuem pouco endosperma ou podem mesmo não possuir endosperma.

Distribuição:

Os elementos desta família são cosmopolitas, no entanto, possuem uma forte distribuição ao longo do Mediterrâneo. Alguns investigadores acreditam que está família é originaria da região do Mediterrâneo ou no Médio Oriente.

O seu interesse como planta de cultivo, em hortas, tornou a sua distribuição mais abrangente, podendo ser encontrada em praticamente todos os continentes, no entanto a maioria dos indivíduos encontrados foram introduzidos como espécie de cultivo.

Algumas espécies desta família dão preferência a ambientes com baixa exposição solar, no entanto, uma pequena parte dos elementos da família Lamiaceae preferem ambientes secos, com sombra parcial, ou ainda com total exposição solar. Estes indivíduos estão fortemente associados ao clima mediterrâneo.

A sua rápida propagação no território, quando em condições ótimas, pode tornar alguns indivíduos desta família em plantas invasoras, independentemente das propriedades benéficas que podem apresentar.

Utilizações:

Os membros da família Lamiaceae caraterizam-se pela presença de óleos, que lhes proporcionam um odor característico. Esses mesmos óleos tornam os membros desta família muito importantes, pois são frequentemente utilizados na indústria da cosmética.

Estes indivíduos são frequentemente utilizados como condimentos ou como ingredientes na preparação de refeições, na produção de chás ou ainda para usos medicinais, como por exemplo para aliviar dores de estômago ou tosse. Algumas espécies possuem ainda características antibacterianas e antivíricas, o que as torna importante para a medicina alternativa.

A sua utilização pode também estender-se à indústria madeireira, visto algumas árvores produzirem madeira com elevado valor comercial, de que é exemplo a teca (Tecnona grandis) utilizada em construções no exterior. A sua utilização em jardins também pode possuir fins ornamentais devido à cor das suas folhas e flores, como por exemplo é o caso da lavanda.

A maior parte dos membros desta família ainda não foram sujeitos a estudos filogenéticos, como tal, estudos futuros podem levar à ocorrência de alterações na disposição dos elementos pertencentes a esta família, sendo necessários estudos mais aprofundados.

3616 Visualizações 1 Total

References:

Lamiaceae. (2016). Encyclopædia Britannica. Consultado em: Setembro 30, 2016, em https://www.britannica.com/plant/Lamiaceae

Watson, L., and Dallwitz, M.J. 1992 onwards. The families of flowering plants: descriptions, illustrations, identification, and information retrieval. Consultado em: Setembro 30, 2016, em http://delta-intkey.com/angio/www/labiatae.htm

3616 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  Biologia
  •  Economia
  •  História
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática