Barbus barbus (Barbo)

O Barbo é um peixe relativamente grande da família dos Ciprinídeos. Exibe um padrão de coloração corporal especializado que lhe permite proteger-se dos predadores.

Caracterização de Barbus barbus (Barbo)

 

Barbus barbus (Barbo)
Reino Filo Classe Ordem Família Género Espécie
Animalia Chordata Actinopterygii Cypriniformes Cyprinidae Barbus B. barbus

 

Distrib. Geográfica Estatuto Conserv. Habitat Dieta Predação  Longevidade
França, Inglaterra, do Leste europeu à Rússia. Introduzido em Espanha e Marrocos. Pouco preocupante. Rios e cursos de água corrente, com fundo de seixos e cascalho Invertebrados bentónicos, pequenos peixes e algas. Salmão Aproximadamente 15 anos.

 

Características Físicas
Anatómicas Corpo alongado (quase cilíndrico) e focinho pontiagudo Cabeça sem escamas e olhos laterais. Boca ventral com 2 pares de barbilhos carnudos e lábios grossos. Região dorsal posterior encurvada e barriga plana. Barbatanas bem definidas.
Dimorfismo Sexual Sem informação.
Tamanho  Até cerca de 1 metro.
Peso Aproximadamente 1 kg, em média. Há registos de 12 kg.

 

O Barbo é um peixe relativamente grande pertencente à família dos Ciprinídeos (a maior família de peixes de água doce), tal como a Carpa-comum. Esta espécie ocorre em ecossistemas lóticos (sistemas de águas com correntes fortes e bem oxigenadas) como rios.

Barbus_barbus1

Ilustração de Barbus barbus.

Este peixe procura alimento entre os invertebrados bentónicos dos fundos rochosos dos cursos de água que constituem o seu habitat. Utiliza barbilhos sensoriais (estruturas a que deve o nome comum de ‘Barbo’) e os lábios para revolver o fundo na procura activa de alimento.

É uma espécie que, tal como outros Ciprinídeos, tem sido largamente introduzida pelo Homem fora do seu habitat nativo que se estende desde a Inglaterra a outra regiões europeias a Este, até à Rússia. Foi introduzido, por exemplo, na Catalunha e em Marrocos no início do século XX. É também uma espécie muito utilizada na pesca desportiva.

Coloração adaptativa

A cor e o padrão corporal do Barbo permitem-lhe não ser detectado a partir de cima, já que, as barbatanas da regiões do dorso, peito e cauda apresentam uma coloração escura. As barbatanas anal e pélvicas exibem um tom alaranjado e são apenas visíveis lateralmente. Pelo facto da coloração corporal ser mais clara nas regiões laterais, cada indivíduo é facilmente reconhecido por outros membros da mesma espécie.

Os juvenis, por outro lado, exibem um padrão de manchas irregulares, o que lhes permite camuflarem-se no seu habitat muito mais exposto a predadores que o dos adultos, visto que, colonizam as regiões costeiras de águas pouco profundas.  Desta forma, podemos constatar que, nesta espécie, existe uma segregação ecológica entre juvenis e adultos, dado que, os indivíduos colonizam diferentes zonas do curso de água em diferentes estágios do desenvolvimento (indirecto, neste caso, dado que ocorre estágio larvar).

Comportamento reprodutivo

Após migrarem rio acima para zonas de águas correntes com fundos de cascalho e seixos, estes animais efectuam a desova durante o final da Primavera e no Verão. Colocam cerca de 50.000 ovos amarelos (são animais ovíparos), pegajosos e venenosos no fundo que demoram cerca de 10 a 15 dias a eclodir.

1456 Visualizações 1 Total

References:

  • Bianco, P. G. (1998). Diversity of Barbinae fishes in southern Europe with description of a new genus and a new species (Cyprinidae). Italian Journal of Zoology, 65(S1), 125-136.
  • on-line: Freyhof, J. 2013. Barbus barbus. The IUCN Red List of Threatened Species 2013: e.T2561A9454585. http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2011-1.RLTS.T2561A9454585.en. Downloaded on 17 January 2016.
  • http://www.fishbase.org/
1456 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.