Tráfico de drogas

O tráfico de drogas diz respeito à compra e venda de drogas ilícitas com fins lucrativos.

Este artigo é patrocinado por: «A sua instituição aqui»

O tráfico de drogas diz respeito à compra e venda de drogas ilícitas com fins lucrativos. A esta realidade associados estão na maioria das vezes crianças e jovens com dificuldades de inserção no mercado de trabalho cujas poucas oportunidades que aparecem se mostram precárias e não compensatórias.

Segundo a investigação levada a cabo por Silva e Graner-Araújo (2011), o interesse e a preocupação relacionados com o entendimento sobre o tráfico de drogas, diz respeito ao facto de existirem cada vez mais crianças e jovens envolvidos no contexto.

A realidade do tráfico de drogas prende-se com as diferenças sócio económicas que existem entre as classes sociais que possuem condições para a competitividade e aquelas que se encontram totalmente excluídas desta realidade (Faria, & Barros, 2011).

Os estudos sobre o tema já vêm sendo feitos ao longo de muitos anos pelo que se começou a observar também que para além do tráfico de drogas, é visível o crescente aumento de violência contra e feito por estas crianças e jovens, o que também aumentou exponencialmente o número de mortes (Silva, & Graner-Araújo, 2011).

Na maioria das vezes, o aumento do tráfico associa-se ao baixo número de alternativas de que o indivíduo dispõe dentro do mercado de trabalho legal, o que faz com que, dentro de um ambiente que propicia o tráfico, o mesmo encontra um modo de ganhar dinheiro que aparenta ser fácil, embora ilegal (Faria, & Barros, 2011).

Estes cidadãos encontram desta forma, um meio de se incluir e enquadrar economicamente, situação que lhes era vedada dentro do mercado de trabalho, uma vez que, a sua inclusão no mesmo, se mostra bastante precária e não compensatória (Faria, & Barros, 2011).

Conclusão

Mediante os estudos realizados acerca do tema podemos compreender que o enveredar pelo tráfico de drogas, principalmente por crianças e jovens, cada vez mais cedo, se deve à aquisição do dinheiro fácil, numa altura em que a entrada no mercado de trabalho não ilícito se mostra demasiado precário. Na maioria das vezes, trata-se de uma opção que acontece devido às escassas opções que existem no mercado de trabalho o que acarreta condições de vida bastante precárias.

 

298 Visualizações 1 Total

References:

  • Faria, A.A.C, & Barros, V.A. (2011). TRÁFICO DE DROGAS: UMA OPÇÃO ENTRE ESCOLHAS ESCASSAS. Psicologia & Sociedade; 23(3): 536-544, 2011.
  • Silva, Nelson Pedro, & Graner-Araújo, Renata Cristina. (2011). O adolescente, tráfico de drogas e função paterna. Revista Psicologia Política, 11(21), 141-158. Recuperado em 14 de novembro de 2018, de http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-549X2011000100011&lng=pt&tlng=pt.
298 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.