Sentimento de Culpa

O Sentimento de Culpa é uma noção inicialmente utilizada por Sigmund Freud (1856- 1939), em Psicanalise, para designar a culpa que uma criança tem em relação aos seus sentimentos hostis pelo pai e os seus sentimentos amorosos pela mãe. Faz referência ao complexo de édipo (1905) e também à possibilidade de utilizar os símbolos, o pensamento – já com a corrente de Mélanie Klein (1882 – 1960).

O sentimento de culpa foi inicialmente utilizado para explicitar as recriminações intensas de indivíduos com neurose obsessiva. Estas recriminações provocavam vergonha e estavam ligadas a medidas de proteção psicológica. Estendeu-se ao que hoje é comumente entendido como estando na sua origem – o complexo de édipo – ou a formação de símbolos.

O Sentimento de Culpa é uma expressão muito utilizada em psicologia e em psicanalise para designar o sentimento face a uma ação ou a um pensamento repreensível. A razão invocada para o sentimento geral de mal-estar, inibição, retração, vergonha, remorso ou autorrecriminação pode ser mais ou menos apropriada, dependendo das suas crenças e ideais, vivências identitárias. Ao sentimento de culpa são atribuídas alterações inconscientes e também semi-conscientes que levam à explicação de comportamentos de fracasso, de delinquências, sofrimentos infligidos a si próprio e a procura da doença – a ausência da cura – ou comportamentos de risco.

O sentimento de culpa pode assumir um caracter muito intenso o que implica um grande sofrimento, estando associado à patologia, em especial, melancólica. Neste caso, pode ser traduzido como a relação entre o super-ego e o ego, tendo este assumido uma clivagem. Sigmund Freud (1856 – 1939) afirmou que existia uma verdadeira clivagem entre o Acusador – o Super-Ego – e o Acusado – O Ego.

O estudo psicanalítico da melancolia resultou numa teoria muito mais elaborada para o sentimento de culpa do que o complexo de édipo. O estudo de fenómenos patológicos tais como as auto-acusações, as auto-depreciações, as auto-punições estão na base da explicitação do sentimento de culpa – normativo ou patológico-.

Palavras – Chave: sentimento de culpa, inibição, retração, delinquência, melancolia, complexo de édipo, simbolização

Bibliografia:

Laplange, J. & Pontalis, J.-B. (1990) Vocabulário de Psicanalise. Lisboa: Editorial Presença ( obra original publicada em 1967)

991 Visualizações 1 Total
991 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.