Coping escolar

O coping escolar diz respeito às estratégias utilizadas pelos jovens para conseguir lidar com o stress no ambiente da escola.

O coping escolar diz respeito às estratégias utilizadas pelos jovens para conseguir lidar com o stress no ambiente da escola. Na maioria das vezes o mesmo está ligado, principalmente, à relação estabelecida entre pares.

Os estudos de Raimundo e Pinto (2006) a importância do coping escolar diz respeito às estratégias de enfrentamento do stress que as crianças e os adolescentes encontram.

Um dos maiores focos associados à utilização do coping é a capacidade para estabelecer relacionamentos entre pares, uma vez que se trata de uma idade em que a tendência para gerar conflitos é, habitualmente, maior, até porque é na escola onde os jovens passam a maior parte do tempo (Raimundo, & Pinto, 2006).

Alguns estudos que corroboram estas teorias encontram evidencias de como é importante para crianças e adolescentes ter estratégias adequadas de coping no contexto escolar para lidar com pares, professores e toda a comunidade escolar, mas também com o próprio sistema familiar, devido ao stress característico a esta fase de desenvolvimento associado (Busnello, Schaefer, & Kristensen, 2009).

Desta forma, o coping é uma estratégia de encarar o stress através da qual os jovens em contexto escolar procuram adaptar-se e ajustar-se, buscando o seu próprio equilíbrio (Raimundo, & Pinto, 2006).

O coping escolar visa então estratégias cognitivas e emocionais que permitem ao jovem evitar respostas prejudiciais a cada situação stressante (Raimundo, & Pinto, 2006).

Alguns autores como Busnello, Schaefer e Kristensen (2009) encontraram nos seus estudos, alguns exemplos de estratégias de coping escolar, tais como a procura de apoio social, exercício de atividades que permitam a ocupação dos tempos livres, o equilíbrio emocional, entre outros.

Conclusão

A grande maioria dos estudos evidencia a necessidade de encontrar pontos de equilíbrio bem sucedidos por parte de crianças e adolescentes, ou seja, estratégias de coping para conseguir lidar com fatores stressantes no contexto escolar. a maioria dos mesmos diz respeito aos relacionamentos construídos entre pares que, não poucas vezes, são geradores de grandes situações de conflitos. Verifica-se que uma das estratégias de coping escolar mais utilizada, é a procura de apoio social para poder também gerir a questão emocional.

184 Visualizações 1 Total

References:

  • Busnello, F.B, Schaefer, L.S, & Kristensen, C.H. (2009). Eventos estressores e estratégias de coping em adolescents: implicações na aprendizagem. Revista Semestral da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional. Volume 13, Número 2, Julho/Dezembro de 2009. 315-323.
  • Raimundo, Raquel Catarina Proença, & Pinto, Maria Alexandra Penedo Marques. (2006). Stress e estratégias de coping em crianças e adolescentes em contexto escolar. Aletheia, (24), 09-19. Recuperado em 15 de dezembro de 2018, de http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-03942006000300002&lng=pt&tlng=pt.
184 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.