Pirâmide Invertida

A pirâmide invertida é uma técnica de redação jornalística que consiste em hierarquizar a informação por ordem de importância. O texto deverá conter as informações mais importantes no primeiro parágrafo e os pormenores menos importantes da notícia ficam para segundo plano.

O início da peça jornalística, segundo a lógica da pirâmide invertida, será composto por um lead que contém a informação mais importante e responde às seguintes perguntas: O quê? Quem? Onde? Como? Quando? Porquê?

Posteriormente, o jornalista deverá desenvolver e contextualizar a história e, entretanto, à medida que o texto se desenvolve, a tendência é que as informações vão sendo cada vez menos importantes.

Esta técnica nasceu devido ao espaço limitado que os jornalistas dispunham na imprensa escrita tradicional. O excesso de texto tinha de ser cortado, pelo que hierarquizar a informação com o mais importante no topo e o menos importante na base da pirâmide era uma boa solução para que as informações mais relevantes não fossem retiradas do texto em detrimento das menos importantes.

O repórter passou a funcionar como um analista que destaca aquilo que é mais importante e relevante para a compreensão da notícia em relação aos aspetos acessórios.

Atualmente, com o desenvolvimento do meio digital, o jornalismo praticado na web dispõe de espaço ilimitado para o desenvolvimento dos assuntos, pelo que esta técnica tem sido frequentemente posta em causa pelos autores mais contemporâneos. A nova arquitetura noticiosa é aberta e de livre navegação, pelo que continuar a pôr em prática a regra da pirâmide invertida seria não tirar partido das novas potencialidades do novo meio.

1458 Visualizações 2 Total
1458 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.