Gripe A – H1N1

O que é a Gripe A – H1N1; quais são os seus principais sintomas; quais são as formas de transmissão do virus…

O que é a Gripe A – H1N1

A Gripe A – H1N1 consiste numa doença gripal causada pela mutação do vírus da gripe que deu origem ao vírus H1N1. A primeiras manifestações da doença terão ocorrido no México em março de 2009, que rapidamente se espalhou a toda a América do Norte, seguindo-se a Europa, a Oceânia, chegando a todo o mundo em poucos meses. Face à velocidade de propagação, à abrangência geográfica mundial e ao elevado número de casos, a Organização Mundial de Saúde (OMC) declara a doença como pendémica em 25 de Abril de 2009.

Sintomatologia

A maioria dos sintomas da gripe A são idênticos aos da designada gripe sazonal, variando contudo na intensidade. Por exemplo, a febre aumenta rapidamente para valores acima dos 39º e sintomas com as dores de cabeça e do corpo, a sensação de cansaço e a tosse são muito mais intensos na gripe A do que na gripe sazonal. Apresenta-se abaixo um quadro de comparação dos principais sintomas da gripe A e da gripe sazonal.

Sintomas H3N2
(Gripe sazonal)
H1N1
(Gripe A)
Febre < que 39º Início súbito a 39º
Dor de cabeça Menor intensidade Intensa
Calafrios Esporádicos Frequentes
Cansaço Moderado Extremo
Dor de garganta Forte Leve
Tosse Menos intensa Seca e contínua
Muco Forte com congestão nasal Raro
Dores no corpo Moderado Intenso
Ardor nos olhos Leve Intenso

A doença é particularmente grave em pessoas imunodeprimidas (incluindo infetados com VIH/SIDA), nos diabéticos, nas grávidas, em indivíduos com obesidade mórbida ou que sejam portadores de doenças crónicas do foro cardíaco, pulmonar ou renal.

Forma de transmissão

A forma de transmissão do vírus da gripe H1N1 é idêntico ao da gripe sazonal, transmitindo-se de pessoa para pessoa através de gotículas de saliva libertadas quando uma pessoa fala, tosse ou espirra. O contágio pode também verificar-se quando há contacto com gotículas ou outras secreções do nariz e da garganta de uma pessoa infectada em locais ou objetos posteriormente tocados por outras pessoas (por exemplo, através do contacto com maçanetas das portas), locais onde o vírus da gripe pode sobreviver durante várias horas. O facto de a gripe ser uma doença de fácil transmissão, a sua propagação torna-se em elemento chave na gravidade deste vírus.

O período de incubação do vírus, ou seja, o tempo que decorre entre o momento em que uma pessoa é infectada e o surgimento dos primeiros sintomas, pode variar entre 1 e 7 dias.

A Gripe A em Portugal:

De acordo com os dados da Direcção Geral de Saúde, o números de óbitos em Portugal relacionados com a gripe A entre 26 de Setembro até 28 de Dezembro 2009, foram de 63 pessoas, tendo sido no Norte o maior número de casos registados. Contudo observou-se que, como era de esperar, que a grande maioria das mortes notificadas estavam relacionadas com indivíduos cujo estado de saúde já estava debilitado (pertenciam aos grupos com factores de risco). Verificou-se ainda uma maior incidência em indivíduos com idades compreendidas entre 50 a 60 anos. E numa análise geral registaram-se que 63% dos indivíduos eram do sexo masculino.

343 Visualizações 1 Total
343 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.