Encefalite

Descrição da doença encefalite, os seus principais sintomas, causas e formas de diagnóstico, assim como algumas formas de amenisar os seus efeitos…

Encefalite é uma doença do foro neurológico, esta consiste numa inflamação aguda, irritação e inchaço no cérebro. A encefalite é uma doença rara provocada por uma infeção, que surge geralmente no primeiro ano de vida. Os casos mais sérios desenvolvem-se em jovens e idosos.

Esta doença possui diferentes vetor que podem variar com a época do ano, a região onde é contraída e com a forma de contacto. A doença pode ser contraída quando se encontra em contacto com o vírus de forma direta (pele), através da ingestão, respiração e pela picada de insetos (carraça).

Causas e diagnóstico

Carraça – uma das causas para a encefalite

A encefalite está associada a problemas de stress, raiva, traumas, ou mesmo por causas como o HIV. Por isso não tem associada a si uma só causa, podendo variar com os diferentes tipos de inflamação que podem surgir. Esta ser provocada por diversas formas, tanto infeções víricas, como bacterianas e por uma contaminação por protozoários ou outros parasitas, geralmente em pessoas com sistemas imunitários debilitados.

A reação alérgica a uma vacina ou tratamento, assim como as doenças auto-imunes também podem auxiliar no desenvolvimento da doença. As diferentes origens da doença provocam diferentes variantes desta, como por exemplo, encefalomielite, ou encefalite límbica.

A vacinação contra determinados tipos de vírus, que podem causar esta doença, como o caso da varicela, são uma forma de prevenção contra a encefalite. O tratamento requer um diagnostico precoce para ser eficaz, geralmente através da observação.

A encefalite provoca um aumento da área cerebral podendo causar lesões permanentes e em casos extremos levar à morte do doente. A morte deve-se particularmente à pressão que o cérebro provoca contra o crânio, se a morte não ocorrer existe a possibilidade de deixar sequelas permanentes devido a lesões cerebrais.

Os sintomas são muito semelhantes aos de outras doenças, sendo necessário consultar um médico para contextualiza-los. O diagnostico pode ser feito através de exames neurológicos e ao fluido cerebrospinal que pode revelar a presença de proteínas e glicose. A ressonância magnética também pode ser utilizada para o diagnóstico da encefalite, assim como os electroencefalogramas.

Sintomas

Imagem de um cérebro inflamado

Os principais sintomas caracterizam-se por febre acompanhada de fotofobia, dor de cabeça, fraqueza e convulsões. Outros sintomas associados são a rigidez no pescoço e nos membros, assim como alucinações, lentidão, cefaleias, alteração na linguagem. Noutros casos podem também surgir alterações nos sentidos, ou mesmo coma entre muitos outros.

Cada sintoma está relacionado com a zona do cérebro afetada pelo que estes podem ser muito diferentes entre pacientes com a mesma doença.

A febre, as dores de cabeça, ataques epiléticos e a confusão são os principais sintomas num adulto. As crianças e jovens podem apresentar anorexia e irritabilidade, além da febre. No entanto, todos os sintomas devem ser contextualizados num quadro de saúde do paciente, pois muitos dos sintomas são comuns a várias doenças.

Não são conhecidos tratamentos eficazes para esta doença, sendo comum tratar-se os sintomas, minimizando-os e esperando que o próprio organismo consiga ultrapassar a infeção. Diferentes formas de tratamento estão em estudo, mas cada caso tem que ser tratado de forma individual.

A morte não é muito comum podendo, no entanto, ser frequente em idosos ou crianças muito pequenas (menos de um ano). No caso de sobreviver à doença pode ser necessário recorrer a fisioterapia ou diferentes tipos de terapias consoante as sequelas que forem notadas.

203 Visualizações 1 Total

References:

Reis, Ana Rita Martins dos. (2017). Muito para além da encefalite: um relato de caso. Revista Portuguesa de Medicina Geral e Familiar, 33(2), 141-147. Consultado em: Outubro 31, 2019 em http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2182-51732017000200006

(2011). Encefalites. Protocolo Da Sociedade De Infecciologia Pediátrica Da Spp E Sociedade Portuguesa De Neuropediatria. Sociedade Portuguesa de Pediatria. Consultado em: Outubro 31, 2019 em https://neuropediatria.pt/encefalites_protocolo_12_2011_formatado.pdf

(2018) Encephalitis. Encyclopædia Britannica, inc. Consultado em: Outubro 31, 2019 em https://www.britannica.com/science/encephalitis

203 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.