Nearshoring

Conceito de Nearshoring

O termo inglês nearshoring designa a subcontratação, em regime de outsourcing, de uma actividade, serviço ou produção a uma empresa localizada num país próximo, geralmente com fronteiras comuns com o país onde se localiza a empresa contratante. Exemplos típicos de locais de nearshoring é, para as empresas alemãs, a Polónia e a República Checa, ou para as empresas norte-americanas, o México e o Canadá. Portugal é também considerado um bom local de nearshoring para diversas empresas europeias (e não apenas para as empresas de Espanha, com quem partilha a única fronteira terrestre), sobretudo devido às suas ligações estratégias a África e à América do Sul, às capacidades linguísticas da generalidade dos profissionais de determinados setores de atividade e ainda pelos custos salariais mais baixos.

As vantagens são grandes para todas as partes, com os benefícios a advirem de diversos fatores de proximidade, entre os quais as ligações diretas e próximas por via rodoviária ou ferroviária, semelhanças culturais, históricas, sociais ou linguísticas, proximidade em termos de políticas económicas, mesmo fuso-horário, entre outras. Assim, ao optarem por este modelo, as empresas transferem para o exterior parte ou a totalidade de algumas operações ou funções, para um local próximo, mas mais económico, com pequenas ou nenhumas diferenças horárias e sem discrepâncias culturais relevantes. Além disso, a proximidade geográfica não encarece grandemente as deslocações, permitindo um elevado grau de controlo e de tomada de decisão atempada.

320 Visualizações 1 Total
320 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.