Agricultura (actividade agrícola)

Conceito de Agricultura (actividade agrícola): A agricultura consiste num tipo de actividade desenvolvida pelo Homem e que o relaciona com a Terra de uma forma…

Conceito de Agricultura (actividade agrícola)

A agricultura [do latim ager (campo) + cultūra (cultivo), literalmente ‘cultivo do campo’] consiste num tipo de actividade desenvolvida pelo Homem e que o relaciona com a Terra de uma forma metódica e sistemática, tendo como objectivo a produção de alimentos ou de matérias-primas para a produção de energia ou para a produção de produtos manufaturados.

É comum incluir também na atividade agrícola a criação de gado (pecuária). A agricultura é, portanto, uma forma de artificialização do meio natural e que vai desde a preparação do solo e sementeira, até à colheita e armazenamento, passando pela conservação e irrigação das culturas, combate a pragas e a diversos outros tipos de condicionalismos naturais e ainda as actividades de melhoria das espécies vegetais e animais. Estas actividades podem ser efectuadas de uma forma mais tradicional, utilizando predominantemente o trabalho manual e o auxílio da força animal, ou de uma forma mais moderna, com um elevado grau de mecanização e recorrendo a tecnologias avançadas.

História da Agricultura

O nascimento da agricultura marca o ponto de separação entre o paleolítico e o neolítico, permitindo, a par de diversos outros fatores de ordem climática, a sedentarização das populações, o crescimento populacional em diversas regiões do globo e, a partir de certa altura, o nascimento de aglomerados populacionais. Este processo terá tido início há cerca de 10 mil anos e terá sido visível nas margens de grandes rios como o Tigre e Eufrates (Mesopotâmia), Nilo (Egito) e Amarelo (China). Os primeiros passos foram a domesticação de algumas plantas como os cereais (trigo e cevada) e de alguns animais como a cabra ou a ovelha. O cultivo estaria confinado inicialmente em locais de aluvião que não necessitassem de desmatação ou de fertilização.

Gradualmente foram-se desenvolvendo novas técnicas e instrumentos para melhor trabalhar a terra e para obtenção de maior produtividade. Exemplos de técnicas e de instrumentos surgidos nas fases iniciais da agricultura são os sistemas de rega, a seleção artificial de sementes e de plantas, a utilização de fertilizantes de origem animal, a utilização do arado e de animais para trabalhar na terra.

Após estas fases iniciais, os progressos na agricultura foram muito lentos, limitando-se ao desenvolvimento de alguns novos instrumentos manuais de cultivo, ao desenvolvimento de novas técnicas de rega, ao surgimento das técnicas de pousio e à introdução de plantas e animais provenientes de outras regiões.

A agricultura apenas voltou a ter grandes evoluções com a mecanização iniciada na Europa a partir de meados do século XVIII. De facto, a invenção da máquina a vapor, deu origem a uma verdadeira revolução na agricultura, permitindo o cultivo intensivo e o cultivo de grandes extensões de terreno. Esta mecanização foi-se intensificando ao longo dos séculos seguintes, não apenas devido à gradual disseminação por todo o planeta mas também devido aos enormes progressos tecnológicos.

Atualmente a agricultura está a passar por uma nova ‘revolução’, proporcionada pela introdução de técnicas de seleção e manipulação genética, algumas das quais muito controversas.

2725 Visualizações 1 Total
2725 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.