Abundância (Economia)

Apresentação do conceito económico de abundância; abundância versus escassez; relação entre este conceito e e de necessidades/preferências…

Conceito de Abundância

No âmbito da ciência económica, o termo abundância designa um estado de equilíbrio durável entre as necessidades de bens e a disponibilidade desses mesmo bens destinados a satisfazê-las. É, portanto, um conceito que se opõe ao de escassez, também este um conceito central da economia, o qual representa a insuficiência de um determinado bem para satisfazer uma determinada necessidade.

Assim, para que se possa entender se existe abundância ou, se pelo contrário, existe escassez, é necessário entender primeiro o conceito de necessidade. De facto, para que exista abundância ou escassez de determinado bem é necessário que exista a necessidade dele. Se os bens disponíveis são suficientes para satisfazer todas as necessidades, então existe abundância; caso contrário, verifica-se escassez desse mesmo bem.

Os economistas costumam indicar dois tipos de abundância: o das sociedades mais primitivas, nas quais o equilíbrio era atingido a um nível muito baixo, e o das sociedades de elevada produtividade, nas quais este mesmo equilíbrio é atingido a um nível elevado.

1855 Visualizações 1 Total
1855 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.