Soprano

Definição do termo soprano, que designa a voz feminina mais aguda; tipos de sopranos e exemplos.

Conceito

O termo soprano, designa, na classificação de vozes, a voz feminina mais aguda, cuja extensão pode ir desde o dó central até duas oitavas acima. Embora o termo se aplique normalmente a vozes femininas, também existem os sopranos masculinos, conhecidos como tiple. Historicamente, realçam-se ainda ainda os sopranos masculinos, castrati, entre os séculos XVI e XVIII, tanto na música sacra como na ópera.

Na harmonia coral escrita para quatro vozes, o soprano entoa sempre a parte mais elevada, que contém tradicionalmente a melodia. O termo indica, igualmente, o instrumento mais agudo de uma família de instrumentos (por exemplo, saxofone soprano).

A palavra soprano deriva do termo italiano “sopra”, que significa cima, e corresponde à forma latina anterior “superius” que, na música polifónica do século XIII ao século XVI, faz referência à parte mais aguda.

O soprano na música erudita

O termo soprano foi desenvolvido no universo da música erudita, especialmente no âmbito operático, onde a classificação das vozes não se baseia somente na extensão vocal do cantor, tomando também em consideração a textura e timbre da voz. Na ópera, o tipo de voz é determinante para a selecção dos papéis que os cantores irão representar. Neste sentido, distinguem-se três grandes tipos de sopranos, à semelhança do que acontece com os contraltos:

  • Soprano dramático: voz rica, robusta e poderosa, capaz de cantar e de se impôr com orquestras de grandes dimensões;
  • Soprano lírico: tipo de soprano mais comum, mais flexível, ligeiro e “melódico”.
  • Soprano coloratura: voz clara, ágil, com maior extensão vocal entre todos os sopranos, capaz de cantar várias notas numa única sílaba alternando entre legatos e staccatos, por exemplo.

Alguns exemplos famosos incluem Maria Callas, Montserrat Caballé, Renata Tebaldi e Joan Sutherland.

O soprano na música não-erudita

Neste caso, as cantoras são classificados, normalmente, pelo género e estilo, não pela extensão vocal e características da mesma. Quando se aplica, ocasionalmente, o termo, acontece de forma algo vaga e toma somente em atenção a escala vocal. Alguns exemplos famosos, de acordo com esta noção, incluem Céline Dion, Cyndi Lauper, Diana Ross, Kate Bush, Kylie Minogue, Mariah Carey, Sarah Brightman e Whitney Houston.

 

637 Visualizações 1 Total
637 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.