Ouvido Absoluto

Este artigo tem como objectivo explicar a capacidade auditiva conhecida pelo nome de ouvido absoluto.

Conceito

O ouvido absoluto diz respeito à capacidade tida por algumas pessoas para apreender, através da audição, a verdadeira altura de qualquer nota. O sentido de audição absoluta dificilmente poderá ser adquirido através da prática, sendo, na verdade uma capacidade inata dos indivíduos que a possuem.

Normalmente, a maior parte das pessoas possui um sentido de altura relativa, ou seja, conseguem reconhecer uma nota através do grau da escala ou como estando um certo intervalo acima ou abaixo da nota escutada. Este capacidade, ao contrário do ouvido absoluto, é facilmente adquirida com a prática.

O ouvido absoluto é, portanto, uma forma inata de memória: o detentor desta capacidade retém na sua mente, de forma consciente ou inconsciente, a altura de qualquer instrumento ao qual tenha sido habituado e instintivamente relaciona a essa altura qualquer som ouvido.

A posse desta capacidade pode ser extremamente útil mas também pode constituir um embaraço se um instrumento estiver afinado noutra altura e a pessoa não conseguir efectuar uma transposição.

Entre os que detentores desta capacidade encontram-se os nomes de Wolfgang Amadeus Mozart, Ludwig van Beethoven, Benjamin Britten, Heitor Villa-Lobos, Claudio Arrau, Doris Day, Frank Sinatra, Leonard Bernstein, Nat King Cole, Ella Fitzgerald, Stevie Wonder, Barbra Streisand, Ray Charles, Miles Davis, Jimi Hendrix e Michael Jackson, entre outros.

476 Visualizações 1 Total
476 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.