Hexacorde

Este artigo tem como objectivo definir o termo hexacorde, na área da música, utilizado regularmente na Época Medieval.

Definição

O termo hexacorde diz respeito a um grupo de seis notas consecutivas consideradas como uma unidade para efeitos de uma leitura entoada. Introduzido por Guido d’Arezzo no século XI, foi usado regularmente até ao século XIII.

O sistema de hexacordes, eficiente no período da música modal, tornou-se dificilmente aplicável com o desenvolvimento gradual do sistema de tonalidade moderno.

Tipologias de hexacordes

Existiam três hexacordes diferentes:

  • Duro, que começava com o sol.
  • Natural, que começava com o dó.
  • Mole, que começava com o fá.

Dado que as suas extensões se sobrepunham, os cantores passavam de um hexacorde para outro, caso a peça excedesse um desses grupos de seis notas.

O hexacorde no século XX

No século XX, o termo começou a ser utilizado sem ligação à época medieval. O termo hexacorde era aplicado a um conjunto de seis notas, tanto sem simultâneo, como em sucessão, especialmente no que se referia a segmentos de séries dodecafónicas.

 

717 Visualizações 1 Total

References:

Kennedy, M. (1994). Dicionário Oxford de Música. Publicações Dom Quixote.

717 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.