Contralto

Definição do termo contralto, em música, que designa, dentro da classificação de vozes, a voz feminina mais grave.

Conceito

O termo contralto designa, na classificação de vozes, a voz feminina mais grave, com uma extensão normal de sol2 a mi4. Este timbre, naturalmente robusto e vigoroso, é também o mais raro. Na antiguidade, o contralto era frequentemente substituído pela voz de um castrato ou por um falsete.

As cantoras contraltos de ópera são raras mas existem papéis escritos especificamente para elas. Exemplos são a Angelina, em «La Cenerentola», Rosina em «O Barbeiro de Sevilha», Isabela em «L’italiana in Algeri» (três óperas de Rossini) e Olga, em «Eugene Onegin» de Tchaikovsky. Entre as contraltos de ópera lendárias destacam-se os nomes de Marian Anderson, Ernestine Schumann-Heink e Sigrid Onégin.

Entre as mais populares cantoras de pop e jazz é também possível encontrar esta extensão vocal, embora, normalmente, não lhes seja atribuída esta designação formal. Judy Garland, Ludmila Ferber, Karen Carpenter, Nina Simone, Alicia Keys e Amy Winehouse são algumas das cantoras com este tipo de voz.

Tipos de contraltos

  • Colatura: voz ágil, capaz de executar diversas notas na mesma sílaba (saltos), com uma grande capacidade de sustentação (prolongamento da nota).
  • Lírico: mais leve do que um contralto dramático mas incapaz de executar as ornamentações e saltos verificados no contralto de colatura. Esta é a classe mais comum, hoje em dia.
  • Dramático: a voz mais profunda e pesada de um contralto, geralmente com mais poder do que os outros.
1009 Visualizações 1 Total
1009 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.