Cannonball Aderley

No dia 15 de Setembro de 1928, em Tampa, Florida, nasceu o saxofonista de jazz Julian Edwin Adderley. Por obra do acaso ou não, a sua família era musical: o pai tocava uma corneta de jazz, instrumento da família dos aerofones; o seu irmão Nathaniel (“Nat”), também se tornou num músico de jazz profissional.

Nascimento: 15 de Setembro de 1928

Morte: 8 de Agosto de 1975

Ocupação: Saxofonista

Obras Principais: “This Here”, “Work Song”, “Sermonette”, “Mercy, Mercy, Mercy”, e “Jive Samba”.

 

Cannonball Adderley

Cannonball Adderley

Vida e Obra

No dia 15 de Setembro de 1928, em Tampa, Florida, nasceu o saxofonista de jazz Julian Edwin Adderley. Por obra do acaso ou não, a sua família era musical: o pai tocava uma corneta de jazz, instrumento da família dos aerofones; o seu irmão Nathaniel (“Nat”), também se tornou num músico de jazz profissional.

Nas escolas públicas de Tampa e Talahassee, Aderley recebeu a sua educação musical inicial, sendo que aí viria a conhecer a tutelagem do mestre de banda Leander Kirksey. Posteriormente viria a obter um bacharelato em artes, e mais tarde concluiria um mestrado também em artes. Acaba por desempenhar a função de professor e diretor de banda na Escola Secundária de Dillard, na Flórida, antes e depois do seu serviço nas forças armadas americanas (1951-1953).

Em 1955, viajou até Nova Iorque, e foi levado ao mundo do jazz profissional, onde se viria a candidatar como saxofonista para a banda de Oscar Pettiford no Clube Bohemia. A sua performance impressionante trouxe-lhe fama da noite para o dia. A partir deste momento, assinou um contrato discográfico e na primavera seguinte formou um quinteto (1956-1957), que incluía o seu irmão Nathaniel, Sam Jones, Jimmy Cobb, e Junior Mance. Após a dissolução do grupo, Cannonball Adderley tocou no sexteto de Miles Davis (1957-1959), e com George Shearing (1959), acabando por reorganizar o seu próprio grupo até então desmantelado (1959-1975).

Com o quinteto Adderley, viajou à volta do mundo em inúmeras tournées, gravando intensamente. Na década de 60, elevou o seu quinteto a sexteto (1961-1965). Músicos que tocaram com Adderley ao longo dos anos, englobam figuras importantes como o seu irmão Nat, Sam Jones, Louis Hayes, Bobby Timmons, Barry Harris, Victor Feldman, Joe Zawinul, Yusef Lateef, Walter Booker, George Duke, e Charles Loyd, entre outros. Nas suas performances icónicas eram tocadas composições como “This Here”, “Work Song”, “Sermonette”, “Mercy, Mercy, Mercy”, e “Jive Samba”.

Durante os anos 60, Adderley envolveu-se profundamente em atividades musicais periféricas. A título de exemplo, trabalhou intimamente com a Operation Breadbasket de Jesse Jackon em Chicago, Illinous, e mais tarde com a Operation PUSH (People United to Save Humanity), dirigindo as atividades musicais e tocando com o seu grupo, particularmente na Expo 1972. Adicionalmente aos concertos, Adderley começou a conceder seminários e workshops musicais nos campus académicos, enfatizando a histórica da música negra. Também desempenhou funções em painéis e comissões em organizações profissionais e governamentais.

O estilo de Cannonball Adderley reflete e muito deve à influência de Charlie Parker e John Coltrane, sendo que tocava tanto o saxofone soprano como o saxofone alto. Adderley foi creditado por ter inventado o conceito, senão mesmo os termos “soul” e “funk” enquanto aplicados ao jazz.

500 Visualizações 1 Total

References:

Sheridan, Chris. Dis Here: A Bio-Discography of Julian Cannonball Adderley. Westport, CT: Greenwood Press, 2000.

500 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.