Antonio Vivaldi

Biografia do músico e compositor Antonio Vivaldi

Biografia de Antonio Vivaldi, um conhecido compositor e músico de origem italiana que se destacou no mundo da música entre os anos de 1705 e de 1741, ano em que veio a falecer na cidade de Viena, na Áustria.

Antonio Vivaldi

(1678 – 1741)

Vivaldi
.

Dados Biográficos

Nome completo: Antonio Lucio Vivaldi
Data de Nascimento: Dia 4 de março de 1678
Local de Nascimento: Cidade de Veneza, em Itália
Data de Falecimento: Dia 28 de julho de 1741
Local de Falecimento: Cidade de Viena, na Áustria
Nacionalidade: Italiana

Ocupação: Músico, Compositor e Padre

 

.
.
.
Ano de 1678 Ano de 1703 Ano de 1704 Ano de 1705  Ano de 1741    
Nascimento Foi ordenado padre Foi-lhe dado dispensa da celebração da Eucaristia e dedicou-se ao ensino de violino. Publicou a sua primeira coletânea, de nome «As Doze Sonatas»  Falecimento
.
.

Antonio Lucio Vivaldi, apenas Antonio Vivaldi ou mesmo só Vivaldi foi um conhecido compositor e músico que viveu entre o ano de 1678 e o ano de 1741. Nasceu na cidade de Veneza, em Itália, no dia quatro do mês de março do ano de 1678 e veio a falecer no dia 28 do mês de julho do ano de 1741 na cidade de Viena, na Áustria e sendo que a sua carreira durou até essa mesma data. Antonio Vivaldi tinha a alcunha de «il Prete Rosso», que significa «o padre ruivo» porque era um sacerdote católico e tinha realmente cabelos ruivos. Vivaldi destacou-se por ser um grande compositor e músico que se apoiava no estilo barroco tardio que teve origem na República de Veneza, atual Itália. Estima-se que Antonio Vivaldi tenha composto cerca de setecentas obras entre as quais quinhentos concertos e cerca de cinquenta óperas. No ano de 1703 foi ordenado padre, no entanto, no ano seguinte, em 1704 foi-lhe atribuída a dispensa de celebrar a Eucaristia devido aos seus problemas de saúde. Assim sendo, Vivaldi dedicou-se ao ensino de violino num orfanato, o Ospedale Della Pièta, em Veneza. No ano de 1705 publicou a sua primeira coletânea, de nome «As Doze Sonatas» e em 1708 publica a segunda coletânea de doze sonatas. E desde aí até ao fim da sua carreira a sua obra continuou em extensão sendo que em 1723 publicou o seu Opus 8, II cimento dell’armonia e dell’inventione, uma coletânea que inclui «As Quatro Estações» e 12 concertos, e que foi uma das suas obras mais emblemáticas.

Obras de Antonio Vivaldi

A obra do músico Antonio Vivaldi está, na sua grande maioria, disponível na Biblioteca de Turim, no entanto só no século XX é que foi devidamente organizada pelo musicólogo de nacionalidade francesa Marc Pincherle, um especialista na história do violino e que fez um estudo sobre Antonio Vivaldi, cujo nome dado foi «Antonio Vivaldi et la musique instrumentale». Vivaldi ficou conhecido essencialmente pelas seguintes obras:

Concertos: não há certezas em relação ao número total de concertos realizados por Antonio Vivaldi no entanto estima-se que sejam cerca de quinhentos e cinquenta concertos no total sendo que os mais conhecidos são «Le quattro stagioni», As Quatro Estações. A sua obra conta ainda com quarenta e seis óperas, quarenta e quatro motetos, sinfonias, duas serenatas, setenta e três sonatas, cem árias, trinta cantatas, músicas de câmara, músicas de origem sacra onde se inclui três oratórios. A sua obra só foi conhecida e encontrada na primeira metade do século XX em Turim e em Génova, tendo sido publicada apenas na segunda metade do mesmo século. Nessa altura deu-se a ressurreição do trabalho do músico sobretudo ao esforço de Alfredo Casella, que organizou a ‘Semana Vivaldi’ no ano de 1939. Desde essa altura as composições do artista tiveram mais reconhecimento a nível universal e no ano de 1947 o empresário de Veneza Antonio Fanna fundou mesmo o «Istituto Italiano Antonio Vivaldi», que teve como primeiro diretor artístico o compositor Gian Francesco Malipiero – cujo estilo musical se caracterizava por uma extrema liberdade formal das composições, permaneceu ligado à linguagem diatónica até aos anos 50 e tem no seu catálogo de obras onze sinfonias. O «Istituto Italiano Antonio Vivaldi» tinha como objetivo e missão principal promover o mundo que era a música e obra de Antonio Vivaldi assim como publicar novas edições com os seus trabalhos. Os trabalhos de Antonio Vivaldi, juntamente com os trabalhos de Mozart (Wolfgang Amadeus Mozart), de Piotr Ilitch Tchaikovsky, de Arcangelo Corelli e de Johann Sebastian Bach, foram incluídas nas teorias de Alfred Tomatis, um conjunto de estudos sobre os efeitos da música no comportamento humano que eram também usadas em terapias musicais.

O estilo musical de Antonio Vivaldi caracteriza-se por ser inovador, por dar brilho à estrutura fornal existente na maioria das obras e por procurar usar contrastes harmónicos, inventando melodias e trechos originais. Antonio Vivaldi serviu de inspiração e influência a outros artistas que se seguiram tais como Johann Sebastian Bach que chegou a transcrever alguns dos concertos de Vivaldi para o cravo e o órgão assim como para a orquestra. Nesses concertos estão o famoso «Concerto para quatro violinos e violoncelo, Cordas e Baixo Contínuo».

627 Visualizações 1 Total
627 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.