Turismo Desportivo

Turismo Desportivo (s.m.) – entende-se como as atividades em que os turistas assistem a iniciativas de cariz desportivo (qualquer atração turística ligada ao Desporto) ou as praticam por lazer ou em competição (tratando-se de dois segmentos bastante distintos), quando se deslocam da sua zona de residência para um certo destino. Atividades dirigidas a todas as camadas da população, sem exceções de idades ou estratos sociais.

Os turistas podem ser considerados de dois tipos: os entusiastas (os turistas que se deslocam para um certo destino em que a motivação principal é a prática de uma atividade desportiva específica) ou os esporádicos (os turistas que praticam uma determinada atividade, mas que não viajam somente pela prática desta mesma atividade). Esta diferença entre os tipos de turistas permite, assim, distinguir o papel da oferta turística no que diz respeito à captação de novos públicos (turistas esporádicos). Aqui o papel dos agentes públicos e privados, quer locais, regionais ou nacionais, das associações empresariais, das escolas, dos institutos que estudam o desporto, em suma dos stakeholders, têm um papel crucial. São estes que deverão adequar as necessidades e os objetivos dos turistas.

O Turismo Desportivo é o conjunto das práticas onde Turismo e Desporto estão reunidos em simultâneo. As duas áreas estão interligadas evidenciando-se dois níveis: o Turismo de Espetáculo Desportivo e o Turismo de Prática Desportiva. No entanto e apesar de se desenvolverem de forma individualizada, possuem áreas de sobreposição.

As viagens realizadas agora pelos turistas, na sociedade contemporânea, não almejam apenas o descanso. Cada vez mais são procuradas diferentes experiências e vivências, nomeadamente diversas práticas ativas. Estas podem ser, então, a motivação da viagem ou o complemento dessa mesma viagem.

Passou-se, desta forma, de um turismo inativo, onde o objetivo primordial era o descanso, para um turismo ativo onde se pretende retirar a maior quantidade de experiências marcantes possíveis. O Desporto é encarado na sua globalidade, desta forma, como um dos maiores e mais relevantes fenómenos sociais.

Historicamente, o Turismo e o Desporto surgem fruto da Revolução Industrial mantendo desde então um crescimento individualizado. Existem quatro fatores que tiverem um papel crucial para estas áreas. São eles: o desenvolvimento dos transportes; o aumento do tempo para lazer; o poder de compra mais acrescido e o aumento da população junto aos grandes centros urbanos. O conceito de Turismo Desportivo passa, então, a fazer parte da Literatura em meados do século XX, estando bastante relacionado com a prática de desportos na época de inverno, nomeadamente nos Alpes.

O Desporto é considerado um fenómeno social, onde o Homem testa os seus limites ora por lazer ora pela função benéfica para a saúde.

Muitos são os sectores que beneficiam com os acontecimentos de cariz desportivo, tais como restaurantes, unidades hoteleiras , clubes noturnos e estâncias turísticas. Produtos turísticos que se complementam e que diversificam a oferta, o que contribui para a diminuição da sazonalidade em algumas regiões.

São segmentos do Turismo Desportivo: o Turismo Desportivo de Eventos (Mega-EventsLocal – Events); o Turismo Desportivo Nostálgico (cruzeiros de Fitness; Estádios; Museu Nacional do Desporto); o Turismo Desportivo de Aventura (Atividades “Intensas” como a Escalada, o Kayaking e a Queda-livre e “Leves” como o Rappel e a Canoagem) e o Turismo Desportivo de Natureza (Bicicleta Todo o Terreno; Asa delta sem motor; Parapente; Balonismo; Espeleologia; Rappel; Escalada; Montanhismo; Orientação; Hipismo; Pedestrianismo; Remo; Canoagem; Surf; Vela; Windsurf; Rafting; Mergulho; Hidrospeed; …).

O Turismo Desportivo resulta assim, do Turismo e do Desporto, fazendo parte deste um conjunto de atividades de cariz desportivo onde os turistas exercem o papel ora de participantes, ora de meros espetadores.

Muitos autores, ao longo dos tempos, têm vindo a estudar e a tentar compreender este conceito, tendo em conta a sua relevância social e económica. A atividade desportiva é encarada por estes, como uma atividade que tem potencial para acréscimo de valor e por outro lado, como uma atividade turística residual.

7793 Visualizações 6 Total
7793 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo