Terras de Bouro, Portugal

Terras de Bouro é um município português localizado no distrito de Braga, na região norte e sub-região do Cávado. É um município com 7253 habitantes, de acordo com os censos de 2011, estando dividido em 14 freguesias em 277,46 km². Terras de Bouro é limitado a norte por Ponte da Barca e por Espanha, a leste por Montalegre, a sul por Vieira do Minho, a sudoeste por Amares e a oeste por Vila Verde.

As 14 freguesias do concelho de Terras de Bouro são: Balança, Campo do Gerês, Carvalheira, Chamoim e Vilar, Chorense e Monte, Cibões e Brufe, Covide, Gondoriz, Moimenta, Ribeira, Rio Caldo, Souto, Valdosende e Vilar da Veiga.

História

Terras de Bouro advém da tribo germânica dos Búrios que acompanhou os Suevos quando estes invadiram a Península Ibérica e que se estabeleceu na região entre o rio Cávado e o rio Homem, conhecida como Terras de Boiro ou Bouro. No território também se encontram vestígios da Idade do Bronze. A presença humana mais marcante remonta ao tempo dos romanos, que utilizavam a água termal do Gerês e construtores da Geira (via romana).

Foram vários os povos que se fixaram nesta região, aproveitando os recursos hídricos, naturais e a fauna e flora variadas.

Na época medieval as comunidades de Terras de Bouro beneficiaram da Carta de Privilégio de D. Dinis, que patenteava um contrato oneroso. D. Manuel I consagrou-lhe o foral em 1514.

Património edificado e natural

Este concelho combina da melhor forma o património edificado e o natural, atraindo desta forma milhares de visitantes todos os anos. Em relação à beleza histórica e edificada, é importante mencionar a Via Romana (Geira), o Cruzeiro de São João do Campo, a aldeia submersa de Vilarinho da Furna (que ainda é possível avistar quando a maré baixa), o Fojo do Lobo, a Ponte Medieval dos Eixões, o Cruzeiro de São João do Campo, a Ponte Medieval de Carvalheira, as Casarotas na Serra Amarela, o Santuário de São Bento da Porta Aberta, a Capela de Nossa Senhora do Livramento, o Monumento de Bom Jesus das Mós e as Furnas de Carvão.

Localizado nas serras do Gerês e Amarela, o concelho de Terras de Bouro tem um conjunto de locais únicos, nomeadamente cascatas, lagoas e miradouros. Destacam-se os Miradouros da Junceda, Boneca, Fraga Negra, Penedo da Freira, Pedra Bela, Mirante Novo e Velho e o miradouro de Bom Jesus das Mós que, na sua grande maioria, são visitáveis através da rede de percursos e trilhos existentes. Em relação às cascatas, as mais procuradas são a do Arado e as do Tahiti. Por fim, as albufeiras da Caniçada e de Vilarinho das Furnas são outros dos locais procurados, principalmente no verão.

Outro dos locais mais procurados do concelho e cuja origem remonta aos Romanos são as Termas do Gerês. Aqui, as águas têm propriedades terapêuticas únicas e a capacidade de curar várias doenças.

Gastronomia

Esta região, rica em fauna e flora, tem uma gastronomia rica e diversificada onde se inclui peixe do rio e carnes de animais que pastam nas montanhas. Em Terras de Bouro os pratos mais populares são o cozido à Terras de Bouro, a chanfana de cabra da Ermida, o arroz pica no chão, os rojões à moda do Minho e o cabrito assado.

Geminações

Com o objetivo de aproximar os povos e criar laços históricos e culturais de amizade, o município celebrou os seguintes Protocolos de Geminação:

  • Saint Arnoult – en- Yvelines (França)
  • Le Beausset (França)

Brasão da cidade

005[1]

O brasão da cidade é um escudo de prata, com um monte de verde, rematado por um cabrito-montês de sua cor. A coroa mural é de prata e de quatro torres e o listel é branco com as palavras TERRAS DE BOURO a negro.

Municípios do Distrito de Braga

Amares Barcelos Braga Cabeceiras de Basto Celorico de Basto
Esposende Fafe Guimarães Póvoa de Lanhoso Terras de Bouro
Vieira do Minho Vila Nova de Famalicão Vila Verde Vizela
176 Visualizações 1 Total
176 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.