Sardoal, Portugal

Este artigo é patrocinado por: «A sua instituição aqui»

Apresentação da vila e município de Sardoal

Sardoal é um município português localizado no distrito de Santarém, na região do Centro e sub-região do Médio Tejo. É um município com 3 939 habitantes, de acordo com os censos de 2011, com quatro freguesias em 92,15 km². O município é limitado a norte por Vila de Rei, a leste por Mação e a sul e a oeste por Abrantes.

As quatro freguesias do concelho do Sardoal são Alcaravela, Santiago de Montalegre, Sardoal e Valhascos.

História

As origens desta vila não são conhecidas. O documento mais antigo existente que menciona este concelho está no Arquivo Municipal e consiste numa Carta da Rainha Santa Isabel, datada de 1313. Diz-se que o Sardoal teve o seu primeiro foral concedido por esta rainha nesse mesmo ano. Apesar de este ser um facto que ainda não está totalmente confirmado, o que é certo é que a 22 de setembro de 1531 D. João III elevou a povoação a vila e demarcou no ano seguinte os seus limites territoriais.

Património

Em relação ao património podemos destacar:

  • Edifício na Rua 5 de Outubro
  • Capela de Nossa Senhora da Lapa
  • Igreja Matriz do Sardoal
  • Convento de Nossa Senhora da Caridade
  • Pelourinho do Sardoal
  • Casa dos Almeidas
  • Igreja da Santa Casa da Misericórdia do Sardoal

Gastronomia

A gastronomia deste concelho é muito rica e diversificada. Para começar a refeição prove as várias entradas típicas, como bolinhas de bacalhau, salada de feijão-frade, pataniscas de bacalhau, sardinhas de escabeche, salada de bacalhau crú, sonhos de bacalhau e peixinhos da horta. Se gosta de sopas pode experimentar sopa de feijão-frade com grelos ou nabiças, sopa de grão com arroz e sopa de feijão catarino com couves. Como prato principal pode optar por sardinhas em caldeirada, arroz de bacalhau com tomate, bacalhau à gomes de Sá, fígado de cebolada, cabrito assado, ensopado de borrego, galinha corada, favas à moda de entrevinhas ou chispalhada. Para terminar, adoce o estômago com farófias, tigeladas do Sardoal, bolos amassados à boca do forno e broinhas de mel à moda de entrevinhas. A complemetar a refeição os vinhos da região.

Brasão da cidade

Sardoal

O brasão da cidade é um escudo de prata, com um sardão de verde, entre três flores-de-lis vermelhas, duas nos flancos e uma em contra-chefe. Em chefe está um escudete de azul, carregado de cinco besantes de prata, em aspa e encimado por uma coroa de ouro aberta. A coroa mural é de quatro torres de prata e o listel é branco com os dizeres VILA DO SARDOAL a negro.

Municípios do Distrito de Santarém

Abrantes Alcanena Almeirim Alpiarça Benavente
Cartaxo Chamusca Constância Coruche Entroncamento
Ferreira do Zêzere Golegã Mação Ourém Rio Maior
Salvaterra de Magos Santarém Sardoal Tomar Torres Novas
Vila Nova da Barquinha
43 Visualizações 1 Total
43 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.