Porto de Mós, Portugal

Este artigo é patrocinado por: «A sua instituição aqui»

Apresentação da vila e município de Porto de Mós

Porto de Mós é um município português localizado no distrito de Leiria, na região do Centro e sub-região da Estremadura. É um município com 24 342 habitantes, de acordo com os censos de 2011, estando dividido em 10 freguesias em 261,83 km². O município é limitado a norte por Leiria e Batalha, a leste por Alcanena, a sul por Santarém e Rio Maior e a oeste por Alcobaça.

As 10 freguesias do concelho de Porto de Mós são Alqueidão da Serra, Alcaria e Alvados, Arrimal e Mendiga, Calvaria de Cima, Juncal, Mira de Aire, Pedreiras, Porto de Mós – São João Baptista e São Pedro, São Bento e Serro Ventoso.

História

De acordo com a lenda da Nazaré, miraculado por Nossa Senhora da Nazaré, o cavaleiro Luís Miguel foi alcaide de Porto de Mós, em 1182.

O concelho pertenceu aos Coutos de Alcobaça em 1230, por doação de D. Sancho II, o que influenciou durante muitos séculos a vida e os hábitos da região. Mais tarde, Porto de Mós foi entregue por D. João I a D. Nuno Álvares Pereira à Casa de Bragança após a Batalha de Aljubarrota, a 14 de agosto de 1385.

A vila recebeu o foral de D. Dinis em 1305 e de D. Manuel em 1515.

Durante um curto período de tempo, entre 1895 e 1898, o concelho de Porto de Mós foi extinto e passou a pertencer ao concelho de Alcobaça.

Património

Relativamente ao património arqueológico de Porto de Mós destaca-se:

  • Troço da Via Romana em Alqueidão da Serra
  • Gruta dos Moinhos Velhos

Em termos de património/arquitetura civil, pode visitar:

  • Casa dos Gorjões
  • Arco da Memória

Com um importante património militar, neste concelho pode encontrar o Castelo de Porto de Mós e o Campo Militar de São Jorge.

Por fim, já no que ao património religioso podemos mencionar a Capela de São Jorge.

Gastronomia

No concelho de Porto de Mós pode comer pratos típicos como batatas à cã, abóbora com feijão, arreigada de cabrito à Ti Manel Amado, bacalhau albardado, bacalhau cozido com couves, batatas assadas na terra, cabrito grelhado à Mirense, cachola à Virgílio Amado, coelho com arroz e hortelã, esparregado à moda de Mira de Aire, farinheira preta, favas com chouriço à Mirense, massa com bacalhau e ovos escalfados e peixe da taladeira.

Na doçaria destacam-se as broínhas da Velha do Garruço, arroz doce, brunhóis da Ti Argentina, leite creme, rocas dos casamentos e torta.

Brasão da cidade

Portomos

O brasão da cidade é um escudo de vermelho, com um castelo de prata, realçado de negro aberto do campo. As torres laterais são rematadas cada uma por uma árvore de verde troncada de negro. O castelo é acompanhado em chefe por duas estrelas de prata de oito raios. Em contra-chefe estão duas mós de prata abertas do campo, sustendo dois guarda-rios, também de prata, realçados de negro. No pé do escudo estão três parras de ouro. A coroa mural é de prata de quatro torres e o listel é banco com os dizeres VILA DE PORTO DE MÓS a negro.

Municípios do Distrito de Leiria

Alcobaça Alvaiázere Ansião Batalha Bombarral
Caldas da Rainha Castanheira de Pera Figueiró dos Vinhos Leiria Marinha Grande
Nazaré Óbidos Pedrógão Grande Peniche Pombal
Porto de Mós
40 Visualizações 1 Total
40 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.