Monção, Portugal

Monção é um município português localizado no distrito de Viana do Castelo, na região do Norte e sub-região de Minho-Lima. É um município com 19 230 habitantes, de acordo com os censos de 2011, estando dividido em 24 freguesias em 211,31 km². O município é limitado a norte por Salvaterra do Minho (Galiza) e Arbo (Galiza), a leste pelo município de Melgaço, a sul por Arcos de Valdevez, a sudoeste por Paredes de Coura e a oeste por Valença.

As 24 freguesias do concelho de Monção são Abedim, Anhões e Luzio, Barbeita, Barroças e Taias, Bela, Cambeses, Ceivães e Badim, Lara, Longos Vales, Mazedo e Cortes, Merufe, Messegães, Valadares e Sá, Monção e Troviscoso, Moreira, Pias, Pinheiros, Podame, Portela, Riba de Mouro, Sago, Lordelo e Parada, Segude, Tangil, Troporiz e Lapela e Trute.

História

Monção recebeu carta de foral de D. Afonso III a 12 de março de 1261.  Contudo, já antes a região era procurada para a fixação de povos, dada a sua localização entre dois fenómenos geográficos distintos: o extenso e fértil vale do rio Minho e as escarpadas montanhas. Este facto faz com que os vales sejam propícios à prática de agricultura e vitivinicultura e os terrenos de alta montanha serem os ideais para a prática de pastorícia.

Desta ocupação são vários os achados pré-históricos encontrados nos terraços fluviais do território, alguns datados do Paleolítico.

Património

Além da beleza natural do concelho, em Monção destaca-se um importante património arqueológico, nomeadamente o Castro de São Caetano (freguesia de Longos Vales). Em termos de arquitetura religiosa destaca-se o Penedo da Teixogueira (Barbeita), a Igreja de Longos Vales, a Capela de São Sebastião, a Igreja de Santo António dos Capuchos, o Reduto de Cortes e a Igreja de Valadares. Já no que à arquitetura civil diz respeito, pode visitar a Ponte da Barbeita, a Casa das Rodas, o Palácio da Brejoeira e a Casa da Amiosa.

Pela sua riqueza natural, Monção tem um conjunto de trilhos pedestres que permitem conhecer paisagens de montanha inspiradoras e tranquilizadoras.

Gastronomia

A gastronomia do concelho de Monção oferece um vasto conjunto e manjares que inclui o arroz de lampreia do rio Minho, o sável e o salmão, normalmente servidos grelhados ou em caldeirada e o cordeiro assado à moda de Monção (conhecido como Foda à Monção). Na doçaria destacam-se os doces conventuais, como as barriguinhas de freira, os papudos e as roscas.

Sendo o Berço do Alvarinho, um pouco por todo o concelho são várias as quintas produtoras desta casta de vinho verde. Por isso, o Alvarinho é o vinho ideal para acompanhar todas as refeições em Monção.

Geminações

Com o objetivo de aproximar os povos e criar laços históricos e culturais de amizade, o município celebrou os seguintes Protocolos de Geminação:

  • Tarascon-sur-Ariège (França) a 22 de agosto de 1992
  • Redondela (Espanha)
  • Vigneux-sur-Seine (França)

Brasão da cidade

Moncao

O brasão da cidade é um escudo de verde, com uma torre de prata aberta e iluminada de vermelho, encimada por uma figura de mulher nascente, de carnação, vestida de ouro realçada de negro e com os braços, abertos e levantados em direção aos cantões do chefe, suportando nas mãos dois pães de ouro realçados a negro. Em contra chefe a torre assenta sobre uma faixa ondada de azul filetada de prata, bordadura de prata com a legenda de negro em elzevir maiúsculas “DEUS O DEU DEUS O HÁ DADO”. A coroa mural é de prata de quatro torres e o listel branco com a legenda MONÇÃO a negro.

Municípios do Distrito de Viana do Castelo

Arcos de Valdevez Caminha Melgaço Monção Paredes de Coura
Ponte da Barca Ponte de Lima Valença Viana do Castelo Vila Nova de Cerveira
139 Visualizações 2 Total
139 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.