Aguada de Cima (Águeda)

aguada_cima_mapa

Aguada de Cima é uma vila e sede de freguesia com o mesmo nome, pertencente ao concelho de Águeda, distrito de Aveiro. A freguesia de Aguada de Cima situa-se na zona sul do Concelho, sendo grande parte do seu território constituído por uma zona plana com forte densidade populacional e uma zona de serra menos populosa. De acordo com os Censos de 2011 a população residente na freguesia era de 4.013 habitantes.

Além de Aguada de Cima, fazem parte da freguesia os seguintes lugares: Aguadalte, Almas da Areosa, Bustelo, Cabeço Grande, Cabeço da Igreja, Cabeço de Lama, Cadaval, Canavai, Carvalhitos, Corsa, Engenho, Forcada, Formigueiro, Forno, Garrido, Ilha, Ínsua, Miragaia, Monte Verde, Pisão, Pisão da Forcada, Outeiro, Passadouro, Póvoa de Baixo, Póvoa de S. Domingos, Póvoa do Teso, Póvoa de Vale Trigo, S. Martinho, Seixo, Teso, Vale Grande e Vale do Lobo.

História da Freguesia

Aguada de Cima foi sede de concelho até 1834, data em que foi englobada no então criado concelho de Águeda. Foi recriada como concelho em 17-07-1835 até 31-12-1836, quando foi definitivamente extinta como concelho.

É centenária a sua história, aparecendo já mencionada “Aqualata” no ano de 132 A.C. Aparece mencionada numa doação ao Mosteiro do Lorvão, no ano de 961, com o nome da sua padroeira, S.ª Eulália.

Relativamente ao património histórico-arquitectónico da freguesia, destaque para o seguinte:

  • Pelourinho: como se verifica nos fragmentos que estão no museu de Santa Joana em Aveiro, e outros na posse de particulares da freguesia, tinha o emblema universitário. O Foral Manuelino data de 1514.
  • Igreja Matriz: (reconstrução de 1711, data gravada, dá o ano médio da reconstrução), – escultura de mérito é a imagem da Virgem e do Menino de calcário e de oficina coimbrã da primeira metade de séc. XV. Do mesmo séc. é a imagem de Sta. Luzia. Colunas em talha torcidas e de parras, ao meio pilastras misuladas com crianças atlantes. Excepcional é o púlpito, tratado em calcário ançanense, do séc. XVIII.
  • Capela das Almas da Areosa: constitui um ex-libris turístico e religioso. A capela das Almas da Areosa, no sítio da Areosa, levanta-se a cerca de um quilómetro para sudoeste do núcleo da freguesia, rodeada de velhas árvores e em cujo terreiro se faz feira mensal. As paredes são espessas para suportarem a abobada, as cantarias no grés regional de tonalidade branca. O corpo octogonal é acrescido de capela-mor rectangular. Cobre o octógono de oito panos, separados nos ângulos por cintas que se erguem das pilastras inferiores. Tanto o retábulo principal como os dois laterais pertencem à segunda metade de século XVIII.

Fonte: www.cm-agueda.pt

Onde Comer Onde Dormir

Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>

Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>
Onde se Divertir O que Visitar
Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>
Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>
582 Visualizações 1 Total
582 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo

Flag Counter