Abade de Neiva (Barcelos)

Apresentação da localidade de Abade de Neiva, história, economia, demografia, localização, monumentos, locais de interesse, etc…

Abade de Neiva é uma localidade e sede de freguesia com o mesmo nome pertencente ao concelho de Barcelos, distrito de Braga. Situada na bacia orográfica do Cávado, na encosta de altos montes, a freguesia de Abade de Neiva possui uma população residente de quase 1.900 habitantes distribuídos por um território de 696 ha.

Outrora conhecida por Santa Maria de Condevão ou por Santa Maria de Vado, Abade de Neiva aparece designada enquanto  paróquia  já  nos  finais  do  século  XI.  Nas  Inquirições de D. Afonso II de 1220, esta freguesia vem com a denominação De Sancta Maria de Abbade e, em 1301, D. Dinis torna-a padroado do Mestre Martinho de Oliveira, cónego da Sé de Braga que, nove anos depois, instituiu aqui uma colegiada. Mais tarde, passou a ser abadia da apresentação da Casa de Bragança, permanecendo assim até 1834.

Não se sabe exactamente a origem do topónimo Abade: Outrora conhecida por Santa Maria de Condevão ou por Santa Maria de Vado, Abade de Neiva aparece designada enquanto  paróquia  já  nos  finais  do  século  XI.  Nas  Inquirições de D. Afonso II de 1220, esta freguesia vem com a denominação De Sancta Maria de Abbade, a mesma designação que volta a surgir nas Inquisições de 1258. Relativamente ao determinativo toponímico “de Neiva”, não é originário, e aplicou-se ao nome desta freguesia para distinguir da outra freguesia do nome, no concelho de Vermoim (hoje, Vila Nova de Famalicão) e daí Abade de Vermoim, dizendo-se esta Abade de Neiva, por existir na  ou concelho de Neiva (já no século Xlll de cabeça em Barcelos). Existe, contudo, uma outra versão que defende que denominação Abade de Neiva lhe tenha sido dada pela rainha D. Mafalda, mulher de D. Afonso Henriques, em homenagem a um abade vindo das terras do Rio Neiva resolveu chamar-lhe Abade de Neiva, e esse nome permaneceu.

Do património arquitectónico da localidade, o principal destaque é sem dúvida a Igreja de Santa Maria do Abade de Neiva (classificada como monumento nacional desde 1927), mandada construir em 1152 pela rainha D. Mafalda, mulher de D. Afonso Henriques. Do mesmo conjunto arquitectónio, faz parte também o torreão fortaleza, atribuído ao reinado de D. Dinis. Já no lugar de Amorim, destaca-se o castro românico localizado no cimo  do monte do facho, onde terá existido um importante povoado castrejo que terá sido habitado, desde há cerca de dois mil anos até uma época Tardo-Romana.


Igreja de Santa Maria do Abade de Neiva

Além de Abade de Neiva, fazem parte da freguesia diversas localidades, entre as quais: Amorim, Barreiro, Breia, Cachadinha, Castelo, Costa Má, Faial, Igreja, Lage, Pinheiro, Quintão, Real e Santo Amaro.

Onde Comer Onde Dormir

Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>

Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>
Onde se Divertir O que Visitar
Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>
Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>
343 Visualizações 1 Total
343 Visualizações

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo