Barreirinhas/ Amazonas ( Brasil )

O surgimento do município de Barreirinha, localizado no estado do Amazonas ( Brasil ), se deu em meados de 1830.

Barreirinhas / Amazonas ( Brasil )brasao-do-municipio-debarreirinhas

História

O surgimento do município de Barreirinha, localizado no estado do Amazonas ( Brasil ), se deu em meados de 1830. No início tratava-se de um povoado situado às margens do Rio Andirá. Logo, o lugar ficou conhecido como Missão Andirá, nome dado pelo capuchinho Pedro de Cariana em 1848. A chegada do Padre Manuel Justiciano de Seixas também se configurou um evento importante para o povoado, visto que ele construiu a primeira capela do povoado, quando este só possuía barracas de palhas e poucos moradores. Anos a frente a cidade foi levada a curato ( termo religioso para designar aldeias e povoados com condições para se tornar uma freguesia, ou seja, tornar-se distrito de um município), elevando assim o povoado a distrito, mas ainda subordinada a Vila Bela da Imperatriz. Mais tarde, precisamente no ano de 1853, teve sua denominação mudada para Nossa Senhora Do Bom Socorro do Andirá, sendo nesta altura o distrito de Parintins. Alguns anos a frente, o distrito recebe o nome de Andirá, tendo também sua sede transferida para um local chamado Barreirinha ( nome dado por possuir terras de barreiras elevadas). O desmembramento da cidade se deu no ano de 1892, onde se desvincula do município de Parintins e é por fim criado Barreirinha. A economia da cidade cresceu muito desde que foi elevada a município, porém em meados dos anos 1920 uma crise se instalou, aquando de eventos como invasões, saques, enchentes dos rios que acabaram por devastar plantações, destruindo mais da metade da lavoura cacaueira, uma das mais importantes da época. Nesta época, atos estaduais determinaram que Barreirinhas voltasse a fazer parte de Parintins, só voltando a existir depois da reconstituição do estado do Amazonas. Em 1952 é criado então a comarca de Barreirinha, ou seja, a cidade estava oficialmente reconhecida como um território, tendo seus limites sido estabelecidos.

Demografia

Localizada na mesoregião do centro amazonense e na microregião de Parintins, Barreirinha está distante de Manaus, a capital Amazonense 372 km e possui uma área de 5.750 Km2 , sendo sua densidade demográfica de 4.76 habitantes por Km2. Barreirinha está a uma altitude de 18metros. De acordo com o senso de 2016, realizado pelo IBGE ( Instituto Brasileiro de Geografia e estatística), a cidade possui uma população de 31.105 habitantes. O município possui um clima tropical chuvoso e faz fronteira com Parintins, ao norte e a leste com o estado do Pará.

Economia

A economia de Barreirinhas é baseada em negócios como a exportação de produtos regionais, como castanha, guaraná, borracha, cacau, pirarucu ( peixe encontrado nos rios da parte setentrional da América do sul ), cumaru ( planta típica da região Amazónica) e madeira.

Turismo e Locais de interesse

O ecoturismo é a principal atração da cidade, a começar pelo acesso a cidade que se dá por meio fluvial. As águas esverdeadas do Rio Andirá que banham as praias de areia alvas atraem pessoas que querem curtir a natureza e desfrutar de uma paisagem atraente e ao mesmo tempo relaxante. A fauna é muito rica, possibilitando aos turistas conhecerem espécies de animais típicos da região, como a Garça- moura, ave vulgarmente conhecida como Socó grande, o porco do mato ou caititu e peixes como o tucunaré açu. Uma tração muito interessante e consciente é o projeto “pé de pincha”, um dos principais da cidade, o qual proporciona ao turista ter um contacto mais próximo com os animais típicos da Amazónia, colocando de volta a seu habitat as tartarugas do Amazonas ou tracajás, como também são conhecidas. A cultura também é um aspeto muito forte da região. No lugar é possível conhecer a tradição folclórica através de ícones amazonenses como o touro branco e o touro preto, que ao final do mês de agosto de encontram no “tourodromo” para disputar o titulo de melhor do ano.

Hino de Barreirinhas

Com fevor e carinho exultamos
Quando ousamos teu nome invocar
E da pátria o chamado escutamos
Que nos manda por ti trabalhar.

Refrão
No fulgor do teu céu luminoso
Barreirinha minha terra traduz
Um futuro que vemos ditoso
Neste anseio de paz e de luz

Terra amiga, ó terra de bondade.
De teus filhos vibra belo porvir
Na exuberância do nosso amazonas
Pro futuro do nosso Brasil

Refrão
No fulgor do teu céu luminoso
Barreirinha minha terra traduz
Um futuro que vemos ditoso
Neste anseio de paz e de luz

Terra fagueira de feitos imortais
Deixa que eu cante tua glória ó querida
Quando não possa defender-te pelas letras
Por ti darei o meu sangue e minha vida

Refrão
No fulgor do teu céu luminoso
Barreirinha minha terra traduz
Um futuro que vemos ditoso
Neste anseio de paz e de luz

158 Visualizações 2 Total
158 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo

Flag Counter