Araruama (Rio de Janeiro)

Araruama é uma cidade e município brasileiro pertencente ao estado do Rio de Janeiro. De acordo com os censos do IBGE, o município possuía em…

Localidade de Araruama (Rio de Janeiro)

Araruama é uma cidade e município brasileiro pertencente ao estado do Rio de Janeiro. De acordo com os censos do IBGE, o município possuía em 2007 uma população total de 98.268 pessoas, distribuídas por uma área de 635 km2. Além do distrito de de Araruama (distrito sede) fazem ainda parte do município os distritos do Morro Grande, São Vicente de Paula, Praia Seca e Iguabinha.

 

História do município

A região atualmente ocupada pelo município de Araruama foi ocupada de forma intensa em tempos pré-coloniais pelos índios Tupinambás de origem amazônica. A comprovar a sua presença existem diversos sítios arqueológicos onde podem ser encontrados variados artigos de cerâmica tais como urnas funerárias, tigelas pintadas, entre outros. Algumas pesquisas arqueológicas realizadas na região foram descobertas aldeias com mais de 2.000 anos sendo de referir a aldeia do Morro Grande datada de há cerca de 2.200 anos.

No início do período colonial, o território que atualmente corresponde ao município de Araruama estava integrado na Capitania de São Vicente doada a Martim Afonso de Sousa em 1534. Contudo, apenas a partir de 1575 surgem as primeiras notícias sobre a ocupação do território com a expedição do governador do Rio de Janeiro, António Salema, a Cabo Frio. Até 1852 Araruama pertenceu à província de Cabo Frio, passando a partir desse ano a pertencer ao município de Saquarema. Em 1859, Araruama é elevada à categoria de vila, com a denominação de Vila de Araruama ao mesmo tempo que um revés político origina a extinção do município de Saquarema. A população da Freguesia de N. S. de Nazaré descontente com a situação começou a trabalhar pela sua restauração conseguindo a recuperação do município algum tempo depois. São então definidos os limites territoriais de cada um dos municípios vizinhos. A elevação de Araruama à categoria de cidade verificou-se em 22 de janeiro de 1890 através de decreto do governador Francisco Portela.

 

Toponímia

A origem do nome Araruama não é consensual e muito se tem especulado sobre o assunto. A única certeza que se tem é que este se refere à lagoa que rodeia quase toda a região dos lagos. De acordo com as traduções mais plausíveis, Araruama seria na verdade uma corrupção do nome original, Iriruama, que significaria “Lagoa de conchas”.

 

Brasão

O atual brasão heráldico do município é um dos raros exemplos do escudo em sua forma clássica, também designado como sanífico ou francês.  Ignora-se se o idealizador do brasão desconhecia a forma do escudo português, ou se pretendeu fazer uma alusão aos franceses que nos séculos XVI e XVII, estiveram na Região dos Lagos.

As quatro estrelas de cinco pontas representam cada um dos distritos de Araruama: o distrito sede (centro da cidade), Morro Grande, São Vicente de Paulo e Praia Seca. O cocar indígena e as flechas cruzadas em aspa (formando um “X”) evocam os índios. O moinho de vento e o monte de sal simbolizam o mais tradicional e característico produto do município. O peixe, em campo de ouro, representa também um dos principais produtos de Araruama, graças à piscosidade da Lagoa e do litoral. As datas de 1859 e 1890 rememoram, respectivamente, a criação da antiga Vila de São Sebastião de Araruama e a sua elevação à categoria de cidade. A coroa mural de cinco torres é o atributo heráldico à cidade.

 

Belezas naturais do município

Localizado à beira mar, o município de Araruama é pródigo em locais de rara beleza natural. Começando pela Lagoa de Araruama, seu principal cartão de visita, passando pelas diversas praias lacustres e ainda pela Praia Seca com as suas dunas de areia branca de um lado e as fortes ondas do outro, fazem do município uma das mais belas orlas costeiras de todo o estado do Rio de Janeiro. Uma referência ainda para as belas Lagoas Vermelhas rodeadas de salinas e para a Lagoa de Juturnaíba, um dos principais mananciais e espelhos d’água doce do estado.

276 Visualizações 1 Total
276 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo